15 de abr de 2013

O Dudu está lendo.

'Inda bem que eu tirei uma foto do pé de manjericão para colocar aqui. Três ou quatro dias após a foto, choveu forte com granizo pequeno e partiu o pobre ao meio. Ficou um moitão para um lado, outro para outro. Agora escorei. Está feio de muletas mas continua forte e com folhas lidas. Isso que tive que desbastar.

*********************

Pre-gui-ça. É isso. Preguição de escrever. Mentira, é que não tenho grandes novidades para escrever ao blog. Mentira, não é isso, são as duas coisas.

Fato: estou na mesma, numa média de peso. Oscilo para mais, para menos, há cerca de um ano. E desde janeiro a estagnada básica! Continuo a atividade física. Se ficar sem, inquieto. A alimentação está com cara de manutenção, tirando Páscoa e comemoração que teve. MÉDIA. É isso. E acho que não saio disso porque estou me sentindo bem, do jeito que estou e a preguiça de fazer um esforço a mais atropela (como se correr os tais 5km e juntar a isso 30-40min de atividade muscular não fosse algum esforço).

*********************

Bão, nessa de correr, já fiz amizade com um cachorrinho, numa das ruas por onde passo. O bichinho tem me reconhecido de longe, e aguarda ansioso eu chegar perto para então me acompanhar na corrida por uns 20m cabriolando e fazendo festa. Uma dose de bom humor pela manhã cedinho.

MAS ó, que nem sempre é assim com a cachorrada: já fui perseguida umas cinco vezes e ameaçada de ser mordida umas três. Ainda bem que mantenho a calma e, mais ou menos, sei como agir com cachorros. Numa das vezes, ouvi o barulho do dente nhéc! perto da minha mão direita o cachorro chegou a pular. E outra, perto da minha canela, a dona só ralhava mole, de longe, ao bichinho: "Fulaninhoooo, não faz assiiiiim, deixa a moça..." Songa-monga, irresponsável. Depois o bichinho morde alguém e ela vai se incomodar. Eu acho uma tremenda irresponsabilidade as pessoas deixarem seus cães soltos na rua. Você nunca sabe quando o seu cão, por mais manso que seja, estranhará alguém, como fazem comigo quando estou correndo. Tenho dois e por gostar muito deles, não os deixo ter acesso à rua. São mansos, umas gracinhas e tudo o mais só faltam falar, é assim que se diz?, mas evito o desprazer de aparecer uma pessoa ferida por qualquer um deles. Também não quero que saiam por aí bagunçando, pegando carrapato, espalhando e comendo lixo, pulga, sarna, espalhando filhotes etc. Estão bem guardados no quintal e felizes.

À exceção do cachorrinho cabriolando, guarde seu cachorro no quintal, pois uma pessoa dedicada e batalhadora pode estar praticando corrida na sua rua. rárárá

Leu tudo até aqui, Dudu?

11 comentários:

  1. Vixi, sei bem o que é isto, amiga ... Há quase dois anos atrás fui mordida por um cãozinho, na rua ... Eu não tinha começado a correr, mas estava caminhando, 'no tranquito', e ele nhac na minha panturrilha ... Por via das dúvidas, fiz todas as vacinas pra evitar quaisquer problemas ... Resumindo, eu e o tal cachorrinho ficamos bem, nem ele nem eu enlouquecemos hahaha ... Beijos mil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "...nem ele nem eu enlouquecemos..." - Hahahahahaha! Essa foi boa! Ainda bem que não aconteceu nada de mais.

      Excluir
  2. Oi amiga... ando sumida né? kkkk
    Então.. eu tenho 2 e já vou mandar fazer umas coleirinhas com o nome e o meu número... Eu fiquei me perguntando pq o nome do título, mais depois entendi!
    Poderias me mandar umas folhinhas de manjericão né kkkkkk
    Ia chegar sequinho aqui em Floripa! hehehe
    Beijokas linda

    ResponderExcluir
  3. hahahaha Ri quando li "o dudu está lendo" hahaha

    E achei tão fofo o cachorrinho brincar com você todos os dias... realmente, bom humor logo cedo! Deve ser uma delícia!

    Gostei do seu blog, voltarei mais vezes! ;)

    ResponderExcluir
  4. eu li tudinho, bom que vc tá corredo amiga..... vamos cidar bem dos nossos bichinhos pessoal
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi Bel!! Dudu leu t-u-d-i-n-h-o!!! rsrssr seus posts são sempre leves e divertidos!!!

    O que seria um "cachorrinho cabriolando"? sou paulista e tenho amigos gaúchos que sempre me ensinam termos novos!! hahaha

    Eu também estou estagnada, mas, ao contrário de vc, não consegui emagrecer muito até agora. Vou seguindo, às vezes tenho dias bons, às vezes não... mas vamos seguindo!!

    bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cabriolar é pular, dando voltinhas. Quando cheguei aqui ao RS, me deparei com várias palavras diferentes. Mas essa não é uma delas. Provavelmente tirei de algum livro que li, quando criança. :)))

      Que legal que gosta dos meus post!

      Excluir

Tempere com seu pitaco: