28 de out de 2011

Peso e outro serviço ao consumidor

Peso maior que semana passada. Pudera, a jabuti aqui passou os dias se comportando e esqueceu que hoje descia o ciclo mensal geralmente me peso um ou dois dias antes, ainda por cima foi se pesar com calça jeans e blusa, em lugar da roupa de ginástica, mais leve. Tive que sair para resolver as pendengas cotidianas, então fui arrumada, né? E bem arrumada: calça e blusa florida saídas da pilha de roupa "Não serve". Há duas semanas não serviam. Meu prejuízo é nos desafios, quoi faire? Vamolá-colegha:

P.I.B.! (produto interno bruto da Bel)
Em 21/out/11 - 64,950 kg
Em 28/out/11 - 65,700 kg

Quero nem sabá.

Dimensões desta ilha:

Cintura: -1cm

Pelo menos isso.
De cm em cm a Belzinha murcha o papo.

************************


SERVIÇO AO CONSUMIDOR:

TODA VEZ que faço compras, fico de olho no que passa no caixa, enquanto marido cuida dos pacotes. E em pelo menos 80% das minhas compras encontro diferença no preço e não estou exagerando...acho até que é mais, mas paro nessa percentagem. Na estante é uma coisa, no caixa é sempre MAIS. Hoje, pela "onésima" vez, encontrei diferença em DOIS PRODUTOS, mas vou falar só de um. Pois bem, a coisa já é chata e ainda tem agravante: à entrada do supermercado, encontrava-se a pilha de leite sob um cartaz amarelo em letras grandes vermelhas anunciando R$1,69 a unidade, que isso lá nem é promoção, digamos de passagem. MAS no "sistema", constava como R$1,78...achou ruim? Segundo agravante: a caixa sabia. Mas se eu não reclamasse, ela não ia se manifestar. Claro, que resolvemos isso na hora, foi-nos descontadas as diferenças. Fomos ao balcão falar sobre isso e a atendente, que TAMBÉM sabia desses erros, nos orientou a ligar ao 0800 para reclamar, porque eles recebem os preços, remarcam, mas o "sistema" é centralizado e está fora do poder deles. Tudo bem, está fora do poder deles, mas eles não querem nem saber: se cliente não viu, eles é que não vão se importar.

Liguei, fiz um cadastro para a reclamação. Não vou mais pensar se adianta ou não, já decidi:
  • vou parar o caixa, esperar o tempo que for necessário se não estiver com horário apertado
  • vou dedurar para a(s) pessoa(s) que estiverem na fila
  • vou guardar todos os tíquetes com diferença PROCON
  • vou ao balcão encher os ouvidos de quem estiver lá
  • vou ligar ao 0800 não importa quantas vezes
  • escrever neste blog e em rede social, quando acontecer de novo
  • não vou ficar quieta e dizer "ah, não adianta".
Acredito em "cada um fazer a sua parte". E posso confirmar: já vi frutos das minhas pequenas atitudes, ao longo do tempo. Marido e eu temos algumas historinhas para contar.

Ah, qual supermercado? Costumo fazer compras em dois supermercados diferentes da rede W-a-l-m-a-r-t: o B-I-G e o N-A-C-I-O-N-A-L. Acontece isso nos dois.

Agora, faça a sua parte. Se você já observa e reclama, parabéns. Se não, está na hora de começar a fazer, mesmo que sejam 5 centavos. Se tiver oportunidade, deixe a pressa de lado, aguarde e comente com as pessoas na fila. Eu comento e deduro os produtos. A gente tem sim, que fazer alguma coisa, mesmo que seja "só" isso. Além do mais, esqueça os slogans amigáveis dos supermercados; eles não se importam com você.

Seria muito legal ler depoimentos sobre isso aqui!

27 de out de 2011

Temperos e Curtas

Tô na Marjorie, passa lá, se ainda não leu: Temperos 3.
Vamos dar um susto tão grande no Papai Noel que ele vai voltar a ter cor na barba e no cabelo.

Curtas:
  • Marido viu a maçã "encravada" se não sabe, leia Temperos 3 e perguntou: "Que invenção é essa agora? Deu de colocar brinco em maçã?" Hahahaha!
  • Ontem, voltando com a sacola de nylon carregada de frutas e verduras, passei em frente à agropecuária e FINALMENTE havia temperos para vender. Estava ali o amado manjericão entre outros. O que tinha aqui em casa morreu há uns dois meses, não pensei duas vezes e comprei. Trouxe junto um pé de alecrim, mui cheiroso. Agora tenho várias cebolinha, um pé de hortelã que já está grandinho e esses dois.
  • Estou devendo receitas, eu sei. Acho que vou postar umas três ou quatro, assim que der.
  • Marido ficou resfriadinho e caído, (óoooooh!). Fiz canja de galinha, usei alecrim e tomilho. Para acompanhar, tive que jantar canja também (eeeeeeeeeeeeeêh!). O corpo agradece.

25 de out de 2011

Coisas que me ajudaram II - Desenho

 A mulher no espelho

Há alguns meses atrás, ao mesmo tempo que me olhava no espelho, arrumada e maquiada, e pensava "Beijo me liga" por outro lado ficava com raivinha "daquela paçoca que estava na minha frente". Eu brigava comigo, e quanto mais brigava, mais enfiava a cara na farinha. Repudiar a mim mesma, ficar brava, detestar o que via e me enganar pensando que estava tudo bem era só "sair da panela e assumir", só fez ficar me debatendo com a própria imagem, como o sabiá-laranjeira que aparece por aqui. O bichinho é fofo e quando abre o bico, uma delícia de ouvir. Mas é um tonto: toda vez que vê sua imagem refletida no vidro do carro do vizinho, começa a brigar e a se debater, pensando que é outro. Só perde tempo e se machuca. Então, depois de conseguir me enxergar vendo fotos porque olhar para o espelho, né, bem, não adiantava, voltei ao espelho, me olhei de alto a baixo, limpei a mente e analisei a situação. Aceitei como me encontrava e resolvi que não dava mais para deixar literalmente aumentar o problema que eu havia provocado, independente das desculpas que arranjei. Comecei a me curtir com racionalidade, gostando mesmo de cada pedacinho de mim.

Se me perguntassem o que eu não gosto no meu corpo, eu diria: "Gosto de tudo". E gosto mesmo. Não quero mudar nem o dedo minguinho do pé, que todo mundo chama de feio. SÓ QUE eu estava gostando de mim cada vez maior, para fugir da reponsabilidade de que a vontade de comer saíra do controle e que a saúde esvaía-se pelo ralo. Neste caso, tive que parar de pensar EU SOU ASSIM e mudar para EU ESTOU ASSIM. Mudei o jeito de me gostar: eu gosto do meu corpo, mas não gosto do peso a mais que provoquei a mim mesma. Foi aí, que olhei bem fundo nos meus olhos refletidos no espelho e perguntei com um suspiro sem palavras:

"Você é uma mulher ou um depósito de comida?"

Isso me deu força.


*******************************

Ontem, final de tarde, estava muito abestalhada e doida para inventar. Acabei inventando na cozinha, com meu marido olhando de soslaio a gororoba que estava saindo...mas ficou bom, escrevo outra hora. Continuei aflita...e fui pegar meus lápis e papel, coisa que há algum tempo não faço porque o meu trabalho está consumindo o meu tempo e enquadrando minha criatividade. A verdade é que eu precisava vomitar a imagem da minha cabeça, estou com ela há semanas, imaginando um quadro para pintar. E saiu isso:


24 de out de 2011

Sábado, domingo + Tchau Refri

Sábado:
Nem fiz exercícios, passei a manhã cuidando da casa e da cozinha. Explico:
- este ano resolvi que prepararia alguma coisa no aniversário de cada enteado, mesmo eles não podendo viajar para cá. Tiro foto, coloco em rede social, faço a maior bagunça. Neste domingo, foi aniversário de um deles. Fiz uma lasanha de frango com creme de ricota no lugar daquele famigerado e calórico creme bechamél. Deixei preparado de manhã para montar à noite, depois que voltássemos;
- preparei dois bolos, para o evento das crianças da igreja.  Perguntamos às crianças o que queriam e pediram entre outras coisas o "bolo de milho da Bel" que nada mais é que o bolo pronto da Fleschimann eles dizem que faço melhor esse bolo que as mães deles - hahahaha, minha vaidade vai às alturas;
- trabalhei a cabeça para a besteirada que ia ser esse lanche de criança, dei umas vassoradas na ogra;
- almoçamos, arrumei a casa, escrevi o roteiro do evento, e lá fomos nós. Sendo a professora das criança da igreja, comandei a farra. Puxei a cantoria, pulei, dancei...lá pelas tanta, láaaaagrimas de emoção, eu percebi que não estava arfando, nem cansada - fiquei tão contente que pulei e cantei mais ainda #atiadascriançasendoidou. Os adultos estavam molengando, fiquei fula da vida! Tirando quem estava capenga de dor ou com reumatismo, botei os disponíveis para pular, estão pensando o quê, bando de jabuti? Até a amiga de 70 anos dançou e cantou para servir de exemplo à bisneta presente. E não dei folga para as crianças! Na hora do lanche, fui de água, um pedaço de bolo de milho, um pastelzinho desses pequenos, uma bolota de bolo de chocolate, sem cobertura. Passei a régua, fechei a conta. Continuamos as brincadeiras e finalizamos com gelatina, peguei dois copinhos, daqueles de servir café, sabor maracujá;
- em casa, à noite, montei a lasanha e inventei uma sobremesa com morango ainda não ficou do jeito que eu queria, quando acertar conto aqui. Tá, eu raspei a panela de creme de ricota, estava gostoso (sal + noz moscada). Comi uma fruta, belisquei duas colheres de café de brigadeiro do dia anterior e despachei o resto para o marido.
- dormi exausta.

Domingo:
- lasanha saída do forno, tirei foto  para a internet. Comi 1/4 do que comeria antes da reeducação e por incrível que pareça, fiquei satisfeita. Aí, fui na sobremesa com morango, dois potes. E duas colheres de sopa de brigadeiro, pronto falei. Fiz esse negócio às pressas, pois o marido poderia não gostar da "invenção" e ficar sem sobremesa, tadinho, haha! Passei a tarde inteira sem fome, ufa!
- só comi à noite, retornando da igreja: dois pedaços de cuscuz, um pote da tal sobremesa e duas colheres de café de brigadeiro...e uma maçã.
- chá de capim cidreira para desintoxicar, hehehehe!


****************************

Agora, acho que já posso dizer oficialmente: não tomo mais refrigerante. Tchau. Ajudou muito ler sobre ele, seus componentes, sua inutilidade e ficar pensando porque raios gasto dinheiro com esse negócio que oferece apenas sabor na língua e nada de bom para o corpo.
Agora, vou tentar trabalhar a cabeça para outra inutilidade: o pacote de bala de goma ácida que comprei na sexta (comi 8 no mesmo dia, 7 no sábado e 4 ontem, domingo). Sei lá, nunca compro bala, acho muito doce e sem graça até descobrir essa que possui certa acidez e a porcaria só tem açúcar e caloria...eu tinha comprado um pacote desses o ano passado. Na sexta, vi numa loja, deu a louca, e comprei de novo.

23 de out de 2011

10 + pizza

Fiz as contas e percebi que, com a pesagem dessa semana, foram-se embora 10kg! Primeira vez que consigo emagrecer esse tanto (antes eram 4, mas voltavam 3, depois mais 2 e voltavam 4...). Ufa! Fui comemorar mexendo no armário:
- mais umas três peças saíram da pilha de roupas "Não Serve";
- o cinto diminuiu três furos, desde que comecei e agora está no último;
- a pilha "Mandar para a costureira" aumentou;
- tem blusa que é melhor não usar, fica parecendo um saco;
 Aí, hoje, tirei uma foto e finalmente até que me achei bem. Porque foto não mente, ao contrário do cérebro. É a melhor coisa para ajudar, pois eu me olhava no espelho e sempre pensava: "Que naaaaada, até que estou beeeeem!" Desse jeito, mereci mesmo ser chamada de avózinha gordinha, né? Não me enxergava...aliás, tenho uma super tendência em não me enxergar fisicamente...

****************

Aliás, a Ana Paula me fez o favor de perguntar em algum comentário remoto (hahahaha, madame), quanto de pizza eu como às sextas (quem acompanha o blog, sabe que marido e eu costumamos fazer esse programa de casal). Aí, fiquei me coçando em responder. Morro de vergonha de escrever, tanto é que nos cardápios aparecia genericamente "pizza". Nada de quantidades. Pois bem, vou contar, com as bochechas queimando: eu como UMA pizza inteira. Inteirinha. Comeria mais se não fosse um incrível "se mancol" de fazer isso em frente ao marido (ogra, ogra, ograaaaaaaaaaaaaa). Somente UMA vez não consegui comer uma inteira. Desde julho para cá, acho que só umas três sextas-feiras é que foram diferente. Fora isso, coleghinhas, a bicha aqui é fogo! Não compramos pizza pronta, daquelas de supermercado, pois são CHEIAS de sódio e conservantes. Ler os rótulos ajuda. E eu me obriguei a ler todas as vezes que comprava, só para gravar, cansar, ficar pensando no que estava tocando para dentro e finalmente ficar super incomodada e montar a própria pizza. Minha pizza não é light, nem vegetariana...infelizmente gosto bastante de embutidos ainda. Apenas tento minizar:

- disco de pizza normal NÃO acho integral para vender aqui e tenho preguiça de fazer
- extrato ou molho de tomate tradicional + páprica ou pimenta do reino
- uma camada de presunto magro, corto tudo o que tiver sobreposto
- uma camada de queijo mussarela, corto tudo o que tiver sobreposto
- rodelas de tomate, às vezes pimentão
- em boa parte das vezes, rodelas finas de linguiça defumada, mas coloco menos para mim;
- bastante orégano, pimenta, manjericão, o que tiver
- de vez em quando: folhas de espinafre sob o queijo
- um bendito chá verde pelo menos meia hora antes
- um bendito chá de capim cidreira depois quando lembro
- sempre tem alguma coisa de chocolate de sobremesa, mas eu ando enjoando e pelo menos a quantidade é menor que antes.
- atividade física na manhã seguinte

Acho que estaria com uns 2kg a menos se não comesse tanta pizza. Mas não estou lamentando, é só uma constatação. Estou satisfeita com o que tenho feito.

21 de out de 2011

Peso, compras

P.I.B.! (produto interno bruto da Bel)
Em 06/out/11 - 66,150kg
Em 14/out/11 - tudo igual, tudo igual :P
Em 21/out/11 - 64,950 subi à balança 3x para ter certeza porque achava que daria mais peso!!!
Tchau, 1,200kg! Porta da rua é a serventia da casa! Vivas!

Circunferências deste planeta:
Quadril: -1cm
Cintura: -1cm
Braço (dir): -1cm

Tchau, 3cm, idem para vocês!

Esta semana teve um diferencial. Conforme escrevi no texto retrasado, estive desanimada por uns cinco dias. Mas li alguns blogs que me ajudaram. Depois escrevo com calma quais, teria que fazer uma lista.

**************************

Não sou de ficar comprando coisinhas light ou industrializados por causa da reeducação alimentar. Quero mostrar para umas amigas que tenho aqui, que dá, sim, planejar sem ficar gastando muito. Faz uns seis anos que não compro e não como barra de cereais, por exemplo. Também não compro bolachinhas, lanchinhos, snakcs, suco pronto etc. O meu cotidiano permite que eu vá nas frutas e verduras e nas trocas dos refinados por integrais. Mas testei alguns produtos que achei interessantes:


Quem me acompanha, sabe que substituí o creme de leite por iogurte natural ou desnatado, em certas receitas. Tem outro produto que também serve para isso, é o Creme de Soja da linha Naturis Soja, da Batavo. Já usei e recomendo. O preço aqui moro perto de Porto Alegre, só acho em UM supermercado, isso QUANDO TEM, né? :P é por volta de R$ 1,70. O gosto é suave e a textura, delicada e no link, você confere a diferença no colesterol. Não sei o quanto você gosta de creme de leite...eu gosto médio e prefiro o sabor desse creme de soja.

Continuo não gostando de chá e mais ainda chá adoçado, mas comprei Chá Leão Verde Granel, da Matte Leão. Como o nome sugere, não vem em saquinhos individuais. O preço é por volta de R$ 4,00 por 150g. Eu preparo cerca de 800ml de água fervente e jogo 2 c.s. do chá. Deixo o tempo necessário e côo passando para a garrafa térmica. Assim, vou tomando ao longo do dia. Tem dias que esqueço de fazer.




E agora, ATENÇÃO! Serviço ao consumidor! Há tempos compro pão integral porque quis parar de comer pão feito com farinha branca. Aí, assistindo a um programa de TV, uma nutricionista mostrou a diferença dos pães da linha integral, o que me deixou muito brava, pois me senti enganada. São dois tipos:
  • os que trazem na embalagem o dizer "Integral": significa que você está sendo enganado (a) a não ser que já saiba há grãos integrais mas é feito de  farinha branca, algumas enriquecidas com ferro e ácido fólico para compensar?...e TALVEZ contenha uma parte de farinha integral. Estes são mais carinhos. ATUALIZAÇÃO por causa do comentário da Ana Paula: o rótulo trará escrito somente FARINHA DE TRIGO ou FARINHA DE TRIGO ENRIQUECIDA COM FERRO E ÁCIDO FÓLICO. Não estará escrito farinha branca.
  • os que trazem na embalagem os dizeres "100% Integral": significa que é feito de farinha integral mesmo, nada de farinha branca que incha a gente mais outros grãos integrais. Este É mais CARO. ATUALIZAÇÃO por causa do comentário da Ana Paula: o rótulo trará escrito FARINHA DE TRIGO INTEGRAL, só não lembro se já vi alguma enriquecida. 

Pois assim que fui ao supermercado, peguei os pacotes de pães e comecei a fuçar os ingredientes. CONFIRMADO. E descobri que, SÓ UM supermercado aqui na minha cidade com duas filiais é que vende UMA MARCA que é o  Pão 100% Integral Linha Vitta, da Nutrella, a R$ 5,70 caro, caro, caro. Mas já fazem duas semanas que vou nos pseudos-integrais, nas padarias daqui de perto, que variam entre R$ 2,70 a R$ 3,20 só não compro da marca Seven Boys porque, além de seco, os comerciantes têm a coragem de vender essa marca com preço de 100% Integral. Para o raio que o parta! Agora estou combinando com o padeiro vizinho de encomendar pão integral com ele, por um preço módico, enquanto não acerto receita tentei fazer dois saíram tão achatados quanto uma barra de chocolate.


ATUALIZAÇÃO (nov/2012) - a Seven Boys lançou no mercado já não era sem tempo a sua linha de pães 100% integral em setembro agora.



Já viu, né? OLHO NO RÓTULO! Humpf!


*******************************

Cardápio Removido, hehe!

20 de out de 2011

Pasta de Ricota, Cardápio Perfeito 2/7

Ontem, quarta-feira, coloquei as manguinhas de fora e fiz pasta temperada de ricota aqui em casa. Temperei com um pouco de sal, salsinha, cebolinha verde e uma pitadinha de páprica picante. Também fiz um doce para o marido,que eu não gosto, assim, não fico tentada.

Para quem ainda não viu, ao final do post sobre temperos que escrevi para o blog Um Novo Começo da Marjorie, tem a receita dessa pasta. É pau para toda obra para substituir manteiga, margarina, requeijão, maionese, para variar no lanche. Acho que vai bem até com salada. MAS VEJA: eu escrevi SUBSTITUIR, que é bem diferente de USAR MAIS.

Você pode VARIAR HORRORES e deixar todo mundo babando: orégano, pimenta do reino, manjericão, alecrim, alho, cebola, pimentão. Quer dar uma de chef? Um pouco de azeite extra-virgem, gotas de limão. Vai lá, faça também:





Pasta Temperada de Ricota
ou Queijo Cremoso Leve ou Cream Cheese Light...

Ingredientes:
- 300g ricota light
- 200ml leite semidesnatado ou desnatado (ao gosto do freguês)


Modus Operandi:
- leve o leite ao fogo até estar fervente (não é fervido, é quase);
- pique a ricota e bata com o leite no liquidificador até formar uma pasta;
- tempere a gosto com um pouco de sal e temperos variados: salsinha, cebolinha, manjericão, orégano..., sirva e receba elogios!


OBS.: essa quantidade dos ingredientes é a receita básica, dá bastante. Pode-se diminuir (ontem, eu usei 120g x 80ml), mantendo SEMPRE as proporções. Diminuir a quantidade evita com que fique muito tempo na geladeira, uma vez que não sei o tempo que dura sem azedar e o quanto a macacada da sua casa vai consumir.




Cardápio removido. :)

19 de out de 2011

Coisas que me ajudaram I

Eu tive muitas oportunidades de cair na real (ui!), fatos que me empurraram para começar seriamente uma reeducação alimentar há pouco mais de três meses atrás. Uma delas, foi ter uma amiga que não se toca, em alguns momentos. Conto o causo:

Em maio ou junho desse ano, friozinho, resolvi usar uma saia, coisa que não fazia há meeeeeeeeeeeeses, porque sempre me sentia quadrada ao vestir uma. Fui lá, me empetequei, batonzinho, bolsa de mão fofa, coloquei meia calça grossa, casaquinho, um chapeuzinho de lã porque o frio aqui do RS pede (e olha que eu nem estou na serra) e saí. Encotrei a amiga. E ela abriu a bocona:

- Que fofaaa! Parece uma daquelas vovózinhas gordinhas!

Pausa. Eu ainda não tinha feito 35 anos. Pense na sua reação.



...



Eu ri. E caí na real. Agradeci do fundo do coração ter essa amiga, que é amorosa, franca e não fala as coisas com maldade porque tem pessoas que fazem isso de maldade, vocês sabem, óbvio. Às vezes, ela é inocente demais. Cheguei em casa e me olhei no espelho: uma jovem avózinha o conjunto da obra, não peças separadas, baixinha e quadradinha em suas proporções, na roupa que escolheu. Isso me ajudou a tomar vergonha na cara.

**********************************

De quinta-feira até segunda agora, estava um tanto desanimada. O peso para as pesagens dos desafios, permaneceu igual por duas sextas-feiras consecutivas. Ao menos não aumentou. Na segunda, a minha calça apertou um pouco e me senti inchada, sem ânimo e gorducha. Mas ontem, ao ler vários blogs e retomar as visitas, ganhei uma força, que me colocou nos eixos; muitas de vocês contribuíram para isso, fazendo-me pensar ao ler o que vocês tinham para contar em seus blogs ou os comentários que deixam aqui. Participar dos desafios e mini-desafio também. E ontem mesmo decidi logo cedo pegar firme e combinei comigo mesma de fazer 7 dias perfeitos.

Cardápio removido. :)

18 de out de 2011

Temperos 2

Meu post hoje é sobre Temperos 2 e está no blog Um Novo Começo, da Marjorie! Pode comentar lá que eu leio, hehehehe!

ATUALIZAÇÃO: como esse Blogger me cansa! Quero atualizar meus comentários e continuo com o mesmo problema em que, alguns blogs eu não consigo abrir e outros, eu leio mas na hora de comentar não abre...então, se eu não comentei ainda no seu blog, foi isso. Mas vou tentar de novo. Humpf!

17 de out de 2011

Meu polegar, puxem minha orelha, vídeos, desafio

É que tive muita coisa para fazer, eita!
Hoje, ainda dei com uma luxação em um dos polegares, o que me dificulta todas as tarefas...fui consertar um negócio aqui em casa #maridodealuguelsoueu - o marido faz, mas gosto de consertar coisas; deixo-o com tarefas mais pesadas, claro e ao fechar o registro, peguei de mal jeito e o dedo foi dobrado para trás, uuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuui! Mas consertei o perrengue e pronto.

********************************

A minha alimentação de sexta, domingo e hoje final de tarde foi meia boca, não pela quantidade mas pela qualidade. A jabuti aqui, está se comportando como se estivesse em manutençãoe não em emagrecimento. Vai ser sopa a semana inteira (semana passada também foi) e já comecei pelo almoço. Está aberta a temporada de comentários-puxo-tua-orelha neste post. Fiquem à vontade. Só deleto se tiver malcriação.


********************************

Este vídeo, que a ·.¸¸.·**Vivi**·.¸¸.· compartilhou outro dia, achei muito bom. Se não viu, veja. Se já viu, pule para o próximo, também muito interessante. Ambos os entrevistados são médicos.


Este outro vídeo, recebi via mail:



Espero que gostem!

****************************************

E o Desafio da ·.¸¸.·**Vivi**·.¸¸.·

Evolução 5/7 (início 09/10/11)
  • Calorias :-)
  • Água :-|
  • Chá :-)
  • Hidratante :-)
  • Maquiagem :-)

Evolução 6/7
  • Calorias :-|
  • Água :-)
  • Chá :-|
  • Hidratante :-)
  • Maquiagem :-)

Evolução 7/7
  • Calorias :-|
  • Água :-( veio visita aqui, esqueci completamente
  • Chá :-( idem
  • Hidratante :-( idem
  • Maquiagem :-( idem - nunca imaginei o quanto a gente pode se desorganizar por causa de algo fora do convencional...serviu para aprendizado!

15 de out de 2011

Uma cartinha

Como se fosse um carta, hehe!

Olá, queridas,

Obrigada pelos elogios do post anterior, são incentivadores!
Desde quarta, estive trabalhando em várias coisas e não pude visitá-las direito...além do que, os blogs custam a abrir em alguns momentos, dificultando o contato. Enfim. Hoje, sábado, estou com visita em casa. Servimos carne assada, arroz, salada, refrigerante e gelatina com leite condensado de sobremesa. Não fiz coisas leves porque não era o perfil do pessoal que está aqui.
Mas me comportei bem: comi o suficiente de carne, de acordo com o cardápio da nutricionista, salada mas arroz não. Não tomei refri, nem comi a sobremesa que fiz. Fui de maçã mesmo! Neste momento estão todos entretidos com DVD, eu dei uma escapada para escrever.
Mais tarde teremos um lanche e eu vou me comportar.
Só peço desculpas por não poder visitar os blogs e comentar como eu gostaria.

Um abraço,

13 de out de 2011

Antes/Depois

Tá, fosse melhor esperar uns 10kg para fazer um antes/depois decente, mas vou mostrar logo porque estou com vontade depois de mandar embora 8kg.
Tá, as roupas não ajudam. Quem quiser chamar o Esquadrão da Moda, vou agradecer de todo o coração e não vou ficar emburrada, nem magoada. Eu lá ia me magoar com R$ 5.000,00 na mão só para gastar com roupa, sapato e acessórios? Quero ser brega só para passar por isso.
Tá, não dá para ver 1: a calça em julho estava justinha, em outubro (ontem) tem que usar cinto senão fica descendo.
Tá, não dá para ver 2:  o cinto em julho estava encaixado debaixo da barriga, em outubro (ontem) estava normal e com dois furos a menos.
Tá. Quem esculhambar com meu óculos, vou mandar a conta do analista.



*********************************

E o Desafio da ·.¸¸.·**Vivi**·.¸¸.·

Evolução 4/7 (início 09/10/11)
  • Calorias :-|
  • Água :-| 2,1 L
  • Chá :-)
  • Hidratante :-(
  • Maquiagem :-(

12 de out de 2011

Contrabandeando 1kg de chocolate

O aviso dos nossos patrocidadores:

Não façam isso em casa.

Vou TENTAR resumir a história do contrabando da barra de chocolate meio amargo de 1kg citado no outro post (se é que interessa):

Na semana do meu aniversário, agosto, mês de bom gosto, comprei algumas coisas para fazer um bolo para comemorar com o pessoal daqui. Marido nem sonhava, porque ele fica com vontade de comer, então, quando cheguei em casa escondi a barra no fundo da eco-sacola de compras, aquelas de algodão que os supermercados estão se aproveitando para ganhar um dinheiro em cima do pessoal que quer ajudar a salvar o planeta, consumindo menos sacola plástica, escorreguei rapidinho pela cozinha e enfiei tal preciosidade lá no fundo, no limbo do armário, onde marido nem vai, porque deixo tudo o que interessa a ele à vista. No dia do aniversário, o marido me fez desistir de fazer bolo só para ter o gosto de comprar um para me fazer surpresa. Desisti-desconfiando, ele comprou, fez surpresa e acabei não usando a barra. Passou uma semana, resolvi abrir e usar uns 100g para fazer cookies integrais para lanche. Marido continuava nem sonhando, comeu cookie e nem perguntou sobre os ingredientes, de tão acostumado que está de eu enfiar coisas estranhas leia-se integrais nas receitas e ficar com receio de saber o que era. Ficou por isso até o aniversário dele, três semanas depois, final de setembro aquela samana magnífica da retenção hídrica que eu passei. Fiz o bolo usando boa parte da barra. Uma semana depois dessa bagunça, marido com vontade comprar algum doce, contei a ele sobre o resto do contrabando e tive que pagar a tributação dividindo, hehehe. E, desde, então, até semana passada, demos cabo do que sobrou. Marido comeu mais, já aviso de antemão.

A questão é que, ao todo, essa barra durou escondida SETE semanas. Como resisti esse tempo todo em casa? Simples: escondi no fundo do armário e fiz uma lavagem cerebral em mim, para lembrar só no aniversário do homem. Também não sei!!!!!!!! Total Julia Roberts, "Dormindo com o Inimigo (no armário da comida)".


*********************************

E o Desafio da ·.¸¸.·**Vivi**·.¸¸.·

Evolução 3/7 (início 09/10/11)
  • Calorias :-|
  • Água :-) nem acredito
  • Chá :-|
  • Hidratante :-(
  • Maquiagem :-)

11 de out de 2011

Redimindo o homem, balanço parcial

Hahaha, tadim' do marido! O post anterior foi só um momento, eu estava bem dragão mesmo e sou a parte bravinha da casa. O bolo ficou bom, fofinho, mas não é tentação para mim, deixo tudo para o homem. O meu problema é o de chocolate que faço em aniversário ou quando recebo visitas especiais (o que só vai acontecer final do ano). Acostumem-se: post brava com o marido, no dia seguinte tem outro redimindo. E nada melhor que escrever algumas coisas que ele já me disse neste tempo de reeducação alimentar:

Marido: "Oi, listra de pijama!"
Bel: "O que é isso? Não entendi."
Marido: "É um apelido para pessoa magra."

Marido abraçando: "Puxa, como você está sumindo!"

Marido: "Acho tão legal esse exercício que você faz, eu tinha que fazer junto."

Marido: "Que tal fazer sopa a semana inteira?"

Marido: "Nunca comi tanta salada em minha vida. Nunca fui tão bem cuidado."

Marido: "Puxa, você está se cuidando, fazendo exercício e nem ficou enjoada. Você é muito legal."
Bel: "Como assim?"
Marido: "Chata, emburrada, mal-humorada. Tem gente que fica assim quando tenta emagrecer e acaba descontando nos de casa qualquer frustração, ou falando de caloria, que isso engorda, aquilo não, não como isso, não como aquilo..."
Pausa para reflexão: realmente isso é muito chato. Vou me colocar no lugar: se o meu marido entrasse numa de vida saudável e começasse a gostar de musculação, só fosse de suplemento, salada e frango grelhado, ficasse regulando comida e toda hora falando do assunto, e toda hora querendo se pesar e falando das medidas do bíceps, tríceps o escambau, eu ia ficar doida.

Bel: "Olha, esta roupa voltou a servir!"
Marido: "Eu fico muito bravo com você, às vezes!"
Bel: "Por quê!?"
Marido: "Porque você é linda e se descuidou. Continuou bonita mas eu via que se sentia triste e que poderia ficar com problemas de saúde, tanto que eu falei..."

Marido: "Por que não vai comprar alguma roupa nova, já que está afinando?"
Pára tudo! Ouvir isso, numa época de super contenção de gasto que estamos passando, onde marido deixa de comprar algumas coisas necessárias para ele (e se esforça para algumas frescuras minhas), fui ao céu naquele dia. Respondi o que era óbvio:
Bel: "Não, as roupas que voltaram a servir estão bem legais. E pode ser que eu emagreça mais, e aí, vou ter que gastar outro tanto para mandar apertar."
Marido: "Mulher esperta!"


MERECE OU NÃO MERECE BOLO CASEIRO?

********************************

Bom, hoje fecha o meu terceiro mês de reeducação alimentar e exercícios. O peso aumentou em relação a sexta-feira mas quem mandou descuidar sábado e domingo? Vamos (dá para ler?):


Diminuiu a eliminação, baguncei este mês que passou, mas estou contente com os resultados. Eles só não servem para os desafios, hehehe! Não posso parar! Obrigada por todo apoio recebido! Muitas vezes segui dicas de vocês ou lembrei de alguma coisa que li em algum blog que me incentivou! Os comentários, as visitas, enfim, tudo contribuiu!

VOCÊS FAZEM PARTE DESSAS MINHAS RECONQUISTAS!

********************************

E o Desafio da ·.¸¸.·**Vivi**·.¸¸.·

Evolução 2/7 (início 09/10/11)
  • Calorias :-)
  • Água :-) me entupi
  • Chá :-)
  • Hidratante :-)
  • Maquiagem :-(

10 de out de 2011

O Bolo e o Dragão

Saí com marido, a pé, comprar umas coisas faltantes em casa. Bel pensando: "Devo ter inchado (engordado, meafilha) no FDS..." Sábado não consegui fazer uma tarefa, fiquei brava e descontei na alimentação...
Dito e feito, passamos na farmácia, balança subiu os números. Vez do marido, os números diminuíram, o homem vai sumir, medeos! Ele fala sem maldade:
- "Puxa, se continuar assim..." - ele vem emagrecendo, sem fazer muita força, coisa de homem - "...logo vou alcançar você!"
Pronto, já tinha um dragão semi-desperto aqui dentro, bufou e levantou as ventas. Dragão resmunga lá de dentro, só eu ouvi: "Por cima do meu cadáver. Grof!" Continuamos a andança e eu pensando. No mercadinho, marido pega um pacote de bolo instantâneo de laranja, pergunta:
- "Será que essa marca é boa?"
- "Não precisa, eu faço bolo de laranja para você" - respondo.
Marido insiste educadamente (porque ele realmente é educado e cordial):
- "Mas você fica inventando coisa, colocando ingrediente aqui e ali, testando receita, algumas eu não gosto, prefiro levar este".
PRONTO! Agora não é mais a Bel, é o dragão mesmo, olhos de raio laser:
- "O QUÊ!????? Não acredito!!!
Marido, sempre educado:
- "É, você testa dali, daqui essas coisas integrais...até hoje o melhor bolo de milho que provei é o da (nome da empresa)".
Dragão baixou as narinas:
- "Lá isso é verdade...o bolo de milho integral que fiz semana passada não é tão saboroso como o da (marca de empresa). MAS EU FAÇO O BOLO DE LARANJA PARA VOCÊ".
Saímo do mercado, eu descendo das tamanquinhas, doida da vida. PRONTO, desafiou o dragão. Chegamos em casa, guardei as compras e fui para o Google. Confessionário: de tanto querer fazer coisa diferente, nunca havia feito um bolo de laranja. Achei uma receita que me pareceu razoável. Enquanto separava ingredientes, o marido, achando engraçado dragão com um bico deste tamanho, resolve provocar:
- "Se o bolo não fica bom..." - mas dragão não escutou porque por "coincidência", ligou a batedeira para as claras em neve. E agora, está lá no forno, e...aaff!!!!...acabei de ouvir o barulho de forno sendo aberto. Esperem...


...Ó o dragão:
- "LU, VOCÊ ABRIU O FORNO ANTES DA HORA!!!??"
Marido:
- "Sim, sim, lembrei e fechei rapidinho..." - veio rindo o maroto - "...mas não vá colocar a culpa em mim se o bolo não ficar bom!"
Dragão olha para marido, olha para o computador e termina de cuspir as palavras neste blog. Marido está contente, lá na cozinha, fim de texto.

Sim, sim, cadê a reeducação alimentar? Não interessa agora, dragão está teclando e garante que vai tocar fogo em qualquer pedaço de bolo que chegar perto da boca da Bel. Vai tudo virar churrasquinho, salvo um pedaço minúsculo para experimentar. Sim, sim, estou devendo a história do contrabando da barra de chocolate do post retrasado, se é que interessa. Vai ficar na fila, junto com a história do pequeno acidente doméstico da quinta-feira passada.

Temperos na Marjorie, Desafio com a ·.¸¸.·**Vivi**·.¸¸.·

Para começar, visitem o blog Um Novo Começo, da Marjorie, que a minha bagunça hoje é lá! Ela gentilmente me convidou para escrever um pouco sobre temperos durante o "Desafio de Natal - Papai Noel me aguarde". Espero que gostem!

*****************************

 
Para terminar, iniciei o desafio da ·.¸¸.·**Vivi**·.¸¸.· . Vamos ver se serei uma boa menina, hehehe!

Evolução 1/7 (início 09/10/11)
  • Calorias :-( nhé, nhé, nhé, começar isso num domingo
  • Água :-) afff, só assim para tomar 2,5 L
  • Chá :-)
  • Hidratante :-)
  • Maquiagem :-) havia uma blusa que há muito não vestia bem e finalmente ficou bonita; para comemorar, soltei parte da drag-queen, mas só um pouco

7 de out de 2011

Outro aniversário + contrabando, peso

Quarta-feira, fui ao aniversário de uma amiga, reunião pequena. Comi um pedaço de bolo, devagar, com chá. Esperei um pouco e me servi de outro pedaço, fino como papel (que nem aquelas fatias da Bell, hahaha). Ficaram me observando: "Ué, que finura é essa? Pega mais!" E eu bravinha: "Quéisso, 'tão cuidando minhas fatias é? 'Tá é muito bom assim!" Risadas. Na metade, perdi a vontade. Quase despachei para o marido mas fiquei com vergonha. Além do chá, tomei meio copo do refrigerante que gosto, depois de quase três meses sem um golinho de qualquer um deles...e enjoei!!! Paladar deve ter mudado, maravilha!!

No mais, minha semana foi comportada, dentro do que me propuz, salvo uns pedaços de chocolate meio amargo, restos de uma barra de 1kg, que eu contrabandeei para dentro de casa, há sete semanas e dividi agora com o marido que nem sabia dela. QUÊ!? Não conte isso para vocês!? Deixo para outro dia, para este texto não ficar grande.

*****************************

P.I.B.! (produto interno bruto da Bel)
De 30/set/11 a 06/out/11:

Tchau, 850g! Porta da rua é a serventia da casa!

Circunferências deste planeta:
Pernas (esq/dir): -1cm cada
Panturrilhas (esq/dir): -1cm cada até que enfim! Ui, que medida difícil de diminuir!
Tórax: (+1cm que havia aumentado semana retrasada) + (-1cm) = 0cm

Tchau, 4cm, idem para vocês!





Cardápio removido. :)

5 de out de 2011

Oi e Sete Coisas Sobre Mim

Sumi não! Alguns trabalhos tomaram meu tempo, com prazos de entrega. Preguiça de escrever os cardápios, então resumo: estive bem com a alimentação e a atividade física, desde domingo. A fita métrica diminuiu um pouco, mas vou confirmar na sexta. Aliás, achei o máximo tantos comentários a respeito de peixe e camarão no texto anterior!

*****************************

"Ganhei" a vez de escrever sete coisas sobre mim, no blog Diário da Magaly. É o tipo de texto que você escreve-apaga-escreve-refaz e fica vendo se é interessante. Regra: as primeiras sete pessoas que comentarem, que ainda não escreveram esse texto, copiam o selo abaixo e escrevem sete coisas sobre si.

Então, post grande, vamos lá encher a paciência de vocês! Segura:


1. Sou cristã, protestante. Amo a DEUS e procuro fazer Sua Vontade. Marido e eu seguimos nesse objetivo. Nossa fé, dada por Ele e baseada na Bíblia, é resumida pelo credo niceno (também chamado credo apostólico) e também por esses cinco pontos, desenvolvidos à época da Reforma: "Só as Escrituras, Somente a Graça, Somente a Fé, Somente CRISTO, Glória Somente a DEUS".

2. Meu casamento foi atípico, simples e muito bom. Planejado em um mês, namorado cansado da minha indecisão, deu ultimato. Três dias depois de nosso casamento, mudamos de estado, literalmente mala-e-cuia, a mudança toda em dois carros (agora temos um, muito guerreiro) para uma cidade onde conhecíamos ninguém. Desfiz uma sociedade em escritório na cidade onde morava, fechei a conta, passei a régua e foi uma aventura permeada por chamado, missão, milagres e presentes de DEUS. Descobri que sou mais corajosa que pensava. Cá estamos, desde então, construindo nosso lar.

3. Gosto muito de animais e plantas. Se pudesse, teria vários animais e me seguro para não ficar trazendo à casa, plantinhas encontradas, aqui e ali (tenho vontade de morar em um sítio. Com animais, plantas, horta...desde que com energia elétrica, água encanada, telefone e internet. Qué o quê? Lev'ocêis tudo junto!). Então, no momento são dois cães aqui, devidamente apresentados dias atrás e fazemos o que dá para logo ter um jardim decente. Quero um gato também, tentar adotar de um gatil comunitário aqui da cidade, não sei se vai dar. Acredito em cuidar dos animais e respeitá-los mas sou contra tratá-los como seres humanos ou dar tratamento preferencial em detrimento de uma pessoa. Acho muito estranho chamar bicho de filho(a), bebê, por exemplo. Eu sei que é brincadeira das pessoas, mas eu não consigo brincar. Acredito sim, em amar as pessoas como a si próprio e ensinar a respeitar a natureza.

4. Tenho habilidade artística para desenho, pintura, trabalhos manuais. Acho que aprendo qualquer coisa que me ensinar nessa área. Também sou autodidata (palavra chique). Pinto quadros, mural, objetos em MDF e no momento estou desenvolvendo uma série de ilustrações para uma editora. Também sei costurar coisas básicas e já fiz alguns acessórios com camiseta velha e retalhos. Sinto falta de uma máquina de costura.

5. Aprendi a cozinhar aos 30 anos. Quando casei, houve quem ficasse com pena de mim. Minha avó, santa mulher, foi a única que acreditou que saía feijão dessa panela. Marido ensinou a fazer arroz. Mas hoje, ele só pega em panela se eu precisar muito de ajuda por causa do trabalho. Mas há meses que não peço, questão de honra. Só que invento muito, ao ponto do marido perguntar algumas vezes: "Hoje é invenção ou é comida normal?" E, como já sabem, gosto de ficar testando temperos.

6. Quero muito ser doadora de órgãos mas não posso porque tive uma porcariazinha de hepatite A. Que droga!! Volta e meia quero doar sangue...e fico só na vontade...

7. Sou nerd com tendência à peruíce (a primeira coisa, explica porque fiz escova cinco vezes na vida e nunca cheguei perto de uma chapinha e a segunda, apereceu depois dos 20 e tantos anos, explica o gosto por coisas de oncinha, tigre). Aí, uma coisa equilibra a outra. Longe de ser fashionista, sou palpiteira mesmo e gosto de moda, maquiagem...mas fico meses sem esmaltes porque estragava o esmalte com tintas e solventes, colas, enfim, os trabalhos manuais, aí acostumei só a cuidar das unhas sem pintar.

Chega, haha!

1 de out de 2011

A tal da comida que eu não gosto

PEIXE!
E o maledeto do camarão!

Os comentários sobre o assunto foram engraçados, haha! Mas agora, sentem-se crianças, a tia vai contar uma lenda de família:

"Há quase 40 anos atrás, uma moça, muito bonita, delicada e miúda casou com um moço cobiçado, tão bonito quanto o Giuliano Gema. Passaram-se dois anos, ela ficou grávida do seu primeiro bebê, ambos estavam muito felizes. Um dia, a bela mocinha, cheia de desejos, encheu o papo de camarão, mas encheu mesmo, e foi feliz para a faculdade. Horas depois, o marido recebe uma ligação de emergência em seu trabalho: sua esposa querida estava passando mal, muito mal! Ele saiu correndo como pôde, e chegando lá, dá com a pobre sentada no corredor das salas de aula, branca como papel, pernas estiradas, o barrigão enorme atrapalhando a passagem...havia colocado todos os bofes para fora, até o que não tinha...! E desde então, de dentro daquela barriga, Bel do Lu não suporta qualquer coisa comestível que venha do mar."

Não gosto. A vó, muito prestativa, quando tinha almoço de família com aquela tainha assada recheada enorme ou camarões a perder de vista, sempre tinha tempo de fazer um franguinho assado à milanesa para mim. Santa. Nunca pedi, nunca fui de fazer careta ou chamar atenção, apenas não comia. Mas experimentei váaarias e váaaarias vezes, para dizer que tentei. Não gosto de peixe e  o camarão é a pior coisa. Engraçado é eu ter nascido numa cidade com tradição de pescadores açorianos.
Então...costumes, gostos, atitudes, podem e devem ser mudados quando não beneficiam. E eu quero mudar. Tadim' do marido, gosta tanto de peixe e não compra porque, para ele, só tem graça se puder dividir comigo. Desde que casamos, quatro anos e meio, comemos peixe umas três vezes. Um cação ensopado que ele preparou com todo carinho, um filé de sei-lá-o-quê que eu preparei em julho e comemos TRÊS DIAS SEGUIDOS, algo NUNCA feito por mim até então. E ontem e hoje (sexta e sábado) que preparei filé de merluza. Aliás, eu mal sei diferenciar peixe. Para mim, tirando o salmão e a sardinha na aparência, é tudo igual, gosto igual. E detesto aquela tainha assada inteira sobre a mesa...sentava longe da cabeça, coisa estranha ficar olhando para aqueles olhos esbugalhados.

Bem, é isso. Comi peixe e pretendo comer mais vezes, favor baixar o preço no supermercado (ALIÁS, como é que o pessoal quer que o brasileiro coma peixe 3x por semana com esses preços absurdos!?). Se eu mandar um mail aos familiares, vão ficar orgulhosos, veja a fama desta pessoa que necessida urgente de ômega 3. Mas o camarão...

Mas antes que eu termine essa lenga-lenga, veja a esquisitice, que meu marido acha muito estranho: eu gosto de sushi, como até aquele pedaço de salmão cru. Sushis, para mim, nem tem gosto de peixe, tanto arroz que vai naqueles rolinhos. Vai entender. Mas mesmo assim, não comemos, marido é quem não gosta, diz que peixe cru é coisa de gato e urso.

Cardápio removido. :)