31 de jan de 2014

Bolo de fubá sem açúcar pero que no

A receita original é da culinarista Lidiane Barbosa. É para ser sem açúcar e usar adoçante, mas como não faço uso deste, usei o primeiro. Também não tinha todos os ingredientes. Então, sooooooooooooooooó para variar, fiz lá minhas adaptações. Estão em verde.

BOLO DE FUBÁ SEM AÇÚCAR 
pero que no

Ingredientes
2 xíc de fubá fino
1/2 xíc de sucralose OU 1 xíc açúcar demerara
3 ovos
1 vidro de leite de coco sem açúcar OU leite comum, mesma qtde
1/2 xíc de óleo de canola
1 colher de chá de erva-doce
100 gramas de coco ralado sem açúcar  OU maçã ralada, mesma qtde
1 colher de chá de canela em pó
1 colher sopa cheia de fermento em pó
1 colher sopa cheia de linhaça

Modus Operandi
Bater as claras em neve e reservar. Misture todos os ingredientes no liquidificador menos: coco ralado, linhaça, erva doce e fermento. Deixe para acrescentar no final depois de despejar os ingredientes liquidificados em uma tigela. Acrescentar as claras em neve delicadamente acrescentar o coco ralado, a linhaça, a erva doce e por último e fermento. Coloque em uma forma untada, redonda e funda. Asse por cerca de 40 minutos.


**********************************

Bom, quanto a mim, ainda na mesma. Ô, coisa difícil para pegar no tranco! Mas já fiz meu exercício hoje. Enquanto isso, vou fazendo minhas encomendas de telas, pelo menos ocupo a mente, hehehehe! Esta é a que estou fazendo agora, claro que ainda não terminei. A moça vai dar para a sogra, espero que goste. Primeira vez na vida que pinto orquídeas. Vamos ver como vai ficar.


26 de jan de 2014

Molho à bolonhesa sem um pingo de óleo no preparo

Não é novidade para muita gente que já deixou o óleo de lado para isso. E, ok, na verdade não é O molho alla bolognese, que vai salsão, pancetta, vinho, bibibi-bobobó, mas é uma variação que gosto para almoços de domingo, acredito que é bem consistente e nutritivo. A quantidade que faço é para 250g de massa. Aviso: 1) contém carne e glúten. Se você não gosta ou está evitando qualquer uma dessas coisas, é só não usar o ingrediente, 2) é só uma sugestão, você pode variar do jeito que quiser, fazer para mais quantidade ou menos, tirar o que não gosta, acrescentar o que gosta, enfim, como diz no popular: "se vira".
Chega de introdução, vamos nós:


Molho de carne moída
sem um pingo de óleo

Ingredientes
  • 250g de massa da sua preferência
  • uns 250g, mais ou menos, de carne moída da sua preferência particularmente gosto de músculo moído
  • 1/2 cebola picada
  • 2 dt de alho picados
  • uma ponta de gengibre ralado
  • um tanto de pimentão picado quantidade que você gosta
  • 200ml de molho de tomate caseiro ou o industrializado que você gosta
  • 3 tomates maduros picados
  • um punhado de cenoura ralada
  • 2 c.s. de aveia em flocos finos, se conseguir farelo de aveia, melhor contém glúten
  • 1 c.chá de linhaça dourada triturada
  • sal a gosto
  • 1 c.chá colorau se bem que eu acho que jogo mais
  • um susto de canela é assim, você derrama e quando cair um tico de nada, você pára tipo "Ai, não era para colocar isso"...se cair demais, vai aparecer o sabor, pois é forte e a intenção é só dá um aroma que está lá mas não se pode identificar
  • um fio de mel sim, você leu isso
  • um maço de manjericão fresco picado
  • sal a gosto

Modus Operandi

Massa - Cozinhe a massa do jeito que costuma fazer. Eu uso cerca de 1L de água para cada 100g, e quando ferve, coloco sal (proporção mais ou menos 3 c.s. para 5L, aí você calcula). Não uso o tal fio de óleo.

Molho - Coloque a carne moída numa frigideira e por cima a cebola, alho e pimentão picados e o gengibre. Ligue o fogo e largue lá. Enquanto a carde cozinha, os temperos vão refogar nela mesma. Só comece a mexer quando dourar as laterais do conjunto, Aí, mexa bem e vá desmanchando se precisar. Se quiser, adicione um pouco de sal. Enquanto isso, em outra panela, cozinhe o tomate e a cenoura. Quando o primeiro começar a desmanchar adicione o molho de tomate, misture. Deixe cozinhar um pouco e adicione o colorau e algum outro tempero que queira. Quando estiver com cara de molho, adicione a aveia, a linhaça e misture bem, dê o susto de canela e o fio de mel, que vai fazer o contraponto da acidez. Misture a carne quando estiver bem cozida. Acerte o sal, e, se achar que precisa, acrescente um pouco de água. Por último, o manjericão, com o fogo já desligado. Misture tudo, acrescente a massa et le voilá!

Viram? Sem óleo no preparo!
Agora, servindo o prato, podemos regar um delicioso
fio de azeite de oliva extra-virgem...nhami

24 de jan de 2014

Isso, mente, vai!


A mentira tem perna curta. Mas deve ser ilusão de ótica: crescendo a barriga, achata-se o(a) sujeito(a). É o tipo da coisa listra horizontal engorda, listra vertical emagrece.

21 de jan de 2014

Crianças, vegetais. Dica de uma mãe.

Essa dica é da minha outra irmã, que tem uma criança que está crescendo saudável e aprendendo a comer de tudo. Com horários certos, alimentação adequada...salvo quando aparece o vô...kkkk! Espero que ajude alguém:

"Mamães de crianças que não comem vegetais, tentem: aproveite o final de tarde de brincadeiras no parque, praia ou piscina e na volta pra casa fale que você vai preparar o jantar. Não ofereça guloseimas, bolachas, chips (ou qquer outra coisa que iniba o apetite), para que a criança fique com fome e quando ela pedir comida você entrega um potinho com saladinha picada para comer com as mãos ANTES de servir o prato do jantar. Por instinto a criança vai comer (esperamos que pelo menos algumas mordidas). Logo em seguida sirva o prato de comida que ela vai devorar! Se você servir a salada junto no prato de comida ela vai poder escolher... Aí já sabemos o que sempre sobra, não é? Essa foi minha estratégia de hoje que deu certo. Dica: brócolis picadinho, tomatinho cereja, cenoura em tirinhas, couve-flor picadinha, abobrinha em tirinhas, pepino em rodelas, alface americana...Boa sorte mamães!
Drica Lopes"




17 de jan de 2014

Três links nos trincks

Nas postagens anteriores, respondi a quem perguntou, nos próprios comentários.

Três links que yo gostei:
  • Entrar em forma rapidamente??? - no blog De Gordinha a Magrinha, bem legais as informações.
  • Barra de cereais caseira... - no blog Parada GG, MUITO MELHOR que as industrializadas que eu não compro de jeito nenhum, bombinhas de sódio super caras - transforme o preço para R$/Kg para ver. Não fiz ainda, nunca tenho todos os ingredientes, MAS uma hora vou adaptar bem bonitinho.
  • PDF com várias receitas veganas - não sou vegana, mas gosto muito de receitas, né?

Tenham um ótimo e magrela fim de semana!


15 de jan de 2014

E a farinha de arroz...

Agradecer à dica de Diário Light de uma Felina e sua Filhota! que deixou nos comentários onde encontrar a famigerada farinha de arroz em Porto Alegre: Mercado Público, banca 48. Recomendo também o Armazém Metropolitano, que é a banca D da quadra 1, onde comprei aveia grossa, aveia fina, fibra de trigo. Bom, lá tem várias bancas assim e o pessoal que frequenta conhece bem. Só eu que não. Vou pouco a POA, geralmente na correria e a trabalho, é tudo vapt-vupt, zás-trás e ainda não consegui fuçar o Mercado Público com calma. Quem puder, aproveita que é muito bom. Pensa em mim e divirta-se por mim.

A farinha de arroz da marca Maninho (é da região) saiu R$ 2,75 o pacote de 1kg. O menor preço que vi até agora. Na internê tem loja virtual cobrando os doizóio por 6, 7 pila.

Mas não aderi à vida sem glúten. Não tenho problemas com isso, não tenho alergias, então não vejo porque bani-lo do meu dia a dia. Apenas quero substituir a farinha branca refinada pela farinha de arroz. Ainda uso por causa do marido que não gosta muito da farinha de trigo integral. Enquanto isso, eu continuo com esta e com a aveia.

*********************

Mas ah, que recebi os foodies no sábado. Servi o casal com nega maluca integral. Provaram, gostaram e só depois é que soltei a bomba: "É integral e funcional". 'Regalaram ozóio. "É mesmo?" Gostaram. Que bom.
Hehehe. 'Tava bão o mardito do bolo, acabou ontem, terça-feira. 'Té que tá durando muito, bolo aqui em casa. Mas não deveria nem existir. Clique aqui para ver a receita. Mas não recomendo, hahaha!


Nega Maluca Integral


A-VI-SO: esse bolo não fica muito doce, por causa do
chocolate em pó que usei, que é 70% cacau.
Às formigas de plantão, sugiro
acrescentar um pouco mais de açúcar.
Massa
  • 2 xíc farinha de trigo integral *
  • 1 ovos
  • 1 c.s. linhaça tritura + 3 c.s. água potável
  • 1 xíc açúcar demerara
  • 1/2 xíc chocolate em pó 70% e mais um tico
  • 1 xíc óleo
  • 1 xíc água fervente
  • 1 c.s. fermento químico


Modus Operandi
Misture a linhaça triturada com água e deixe descansar por uns 15 minutos, até ficar com consistência viscosa. Aí, então comece: misture bem o ovo, a mistura de linhaça, o óleo, o açúcar, o chocolate em pó. Acrescente a farinha, sempre misturando bem. Acrescente a água fervente e por último o fermento.Leve em fôrma untada e enfarinhada** (essa quantidade cabe em fôrma de pudim). Leve ao forno médio, pré aquecido, 40 min ou até dourar.

Cobertura
Aí, não tenho medida. Vai no olhão e fiz para cobrir só o cocoruto do bolo. Gosto daquele ar de bolo pelado. Segue: acho que usei 1 xíc de leite, 2 ou 3 c.s. de amido de milho e talvez 3 c.s. de chocolate em pó 70%. Não sei. Joguei na panela, liguei em fogo brando e fui misturando bem até engrossar. Por causa do chocolate usado, fica o mesmo aviso de cima, em relação às formigas de plantão. Feito isto, despejei sobre o bolo desenformado. Essa calda feita de leite dura no máximo uns três dias fora da geladeira sem azedar (e depende do calor também). Se não for consumir nesse tempo, 'taca na geladeira.

Esse bolo fica muito bom gelado!


* Dá para substituir até 1/3 da farinha usada por aveia em flocos finos deixa a coisa ainda mais funcional...só não se deve comer demais porque faz funcionar bem o intestino...
** Eu uso óleo ou manteiga para untar a fôrma e farinha de milho fino ou fubá para enfarinhar. Desenforma melhor e é mais fácil de limpar depois. Margarina, mandei embora, por ser uma porcaria de plástico comestível.

11 de jan de 2014

Vamulá, receita sem glúten e visita


O "ganho" do Natal e do Ano Novo, já se foi. Ao menos foi o que a fita métrica me contou. Balança, nem deu para ir à farmácia. Já escrevi um zilhão de vezes que não compraria balança, mas agora, está dando vontade. Uma hora, se der. Nunca diga nunca. Agora, só falta mandar embora o "ganho" do ano passado inteiro, hohohoho! Mas estou animada e com vontade. Além disso, está um saco não poder usar as roupas que estavam cabendo em mim antes. UM SACO e eu estou "desroupada", por assim dizer. E não vou comprar roupa nova. Ou entra na roupa de novo ou fica sem opção. :P

Alguém sabe, em Porto Alegre, onde se compra a bendita da farinha de arroz? Eu só achei em uma loja, pesquisando por telefone. Se não me engano, está R$ 3,90 o quilo. Para quem está na onda do sem glúten, acesse o vídeo da minha nutricionista-beldade-maravilhosa, ensinando a fazer pão francês sem glúten, com farinha de arroz.

Como estou trabalhando com pintura, fiz um quadro sob encomenda, para clientes muito especiais. Eles são de outra cidade, mas vieram passear na região e resolveram vir pegar a tela pessoalmente. Creio que dentro de meia hora estarão aqui. Então, para recebê-los, bateu o pânico: eles são foodies e são colaboradores de um blog gastronômico. Já comeram de tudo, são criteriosos, entendidos, vão em tudo quanto é lugar, fazem resenha, patati-patatá...PÂ-NI-CO! Como receber? Bem, fiz a louca e mandei ver numa receita de nega maluca integral e funcional para recebê-los. QUE VENHAM! Espero que gostem da receita desta pobre pessoa que vive mexendo e tentando adaptar as receitas. Ainda bem que o assunto da visita é a minha arte, não a minha culinária. Hehehehehe!

8 de jan de 2014

Oi? Alguém?

Coooooooooooooooofff! É que mundo virtual não cria poeira, mas se criasse, eu estaria tossindo às turras aqui, de tanto tempo que não escrevo. 'Gradecida às queridas que me deixaram recados na postagem anterior.
Novidade, nenhuma, passagem de ano normal. Por normal entende-se, que a mulher engordou mais um tanto. Mas um dia isso deixará de ser o normal.

Ok, já engrenei, 2014 adiante do meu nariz, bastante coisas por fazer e conquistar. Já enxuguei um cadito, com alimentação melhor e atividade física.

AH, SIM, feliz 2014 para todo mundo!

O ano passado não foi bom em relação a peso, mas fazer o quê? :P 'Sa mania de gostar de fazer receitas e comer a mais. Cadê a lady, caramba? Estou desenterrando a pobrezinha aqui dentro de mim, acho que caiu uma tonelada de mezzo ogra em cima dela. Mezzo porque não foi a ogra inteira. Minha tendência por comida melhor continua. Problema é o tamanho do garfo.

Lá vou eu visitar as colegues.