26 de jan de 2014

Molho à bolonhesa sem um pingo de óleo no preparo

Não é novidade para muita gente que já deixou o óleo de lado para isso. E, ok, na verdade não é O molho alla bolognese, que vai salsão, pancetta, vinho, bibibi-bobobó, mas é uma variação que gosto para almoços de domingo, acredito que é bem consistente e nutritivo. A quantidade que faço é para 250g de massa. Aviso: 1) contém carne e glúten. Se você não gosta ou está evitando qualquer uma dessas coisas, é só não usar o ingrediente, 2) é só uma sugestão, você pode variar do jeito que quiser, fazer para mais quantidade ou menos, tirar o que não gosta, acrescentar o que gosta, enfim, como diz no popular: "se vira".
Chega de introdução, vamos nós:


Molho de carne moída
sem um pingo de óleo

Ingredientes
  • 250g de massa da sua preferência
  • uns 250g, mais ou menos, de carne moída da sua preferência particularmente gosto de músculo moído
  • 1/2 cebola picada
  • 2 dt de alho picados
  • uma ponta de gengibre ralado
  • um tanto de pimentão picado quantidade que você gosta
  • 200ml de molho de tomate caseiro ou o industrializado que você gosta
  • 3 tomates maduros picados
  • um punhado de cenoura ralada
  • 2 c.s. de aveia em flocos finos, se conseguir farelo de aveia, melhor contém glúten
  • 1 c.chá de linhaça dourada triturada
  • sal a gosto
  • 1 c.chá colorau se bem que eu acho que jogo mais
  • um susto de canela é assim, você derrama e quando cair um tico de nada, você pára tipo "Ai, não era para colocar isso"...se cair demais, vai aparecer o sabor, pois é forte e a intenção é só dá um aroma que está lá mas não se pode identificar
  • um fio de mel sim, você leu isso
  • um maço de manjericão fresco picado
  • sal a gosto

Modus Operandi

Massa - Cozinhe a massa do jeito que costuma fazer. Eu uso cerca de 1L de água para cada 100g, e quando ferve, coloco sal (proporção mais ou menos 3 c.s. para 5L, aí você calcula). Não uso o tal fio de óleo.

Molho - Coloque a carne moída numa frigideira e por cima a cebola, alho e pimentão picados e o gengibre. Ligue o fogo e largue lá. Enquanto a carde cozinha, os temperos vão refogar nela mesma. Só comece a mexer quando dourar as laterais do conjunto, Aí, mexa bem e vá desmanchando se precisar. Se quiser, adicione um pouco de sal. Enquanto isso, em outra panela, cozinhe o tomate e a cenoura. Quando o primeiro começar a desmanchar adicione o molho de tomate, misture. Deixe cozinhar um pouco e adicione o colorau e algum outro tempero que queira. Quando estiver com cara de molho, adicione a aveia, a linhaça e misture bem, dê o susto de canela e o fio de mel, que vai fazer o contraponto da acidez. Misture a carne quando estiver bem cozida. Acerte o sal, e, se achar que precisa, acrescente um pouco de água. Por último, o manjericão, com o fogo já desligado. Misture tudo, acrescente a massa et le voilá!

Viram? Sem óleo no preparo!
Agora, servindo o prato, podemos regar um delicioso
fio de azeite de oliva extra-virgem...nhami

6 comentários:

  1. Gostei da dica de hoje. Fiquei curiosa sobre como deve ficar o sabor do molho com mel e canela.

    ResponderExcluir
  2. curioso, eu também coloco canela no molho e não uso óleo antes, apenas no final! rs


    beijos

    ResponderExcluir
  3. Deu água na boca Bel! Quero aprimorar minha cozinha para receitas cheias de vitaminas e super saborosas, assim como as suas! hehe....

    Beijo e uma excelente semana!

    ResponderExcluir
  4. Adoro testar outros temperos em pratos tradicionais! No meu proximo vou adicionar gengibre, canela e o mel e a aveia e linhaca, super difeente!
    É bom a gente mudar o gosto da nossa propria cozinha, tem hora que enjoamos do nosso proprio tempero hehehe
    Beijocas
    Carla Pancha

    ResponderExcluir

Tempere com seu pitaco: