29 de out de 2013

Filme e matéria interessante

Tempos atrás, vi o filme Julie & Julia. Numa das cenas, num restaurante, Julia (Meryl Streep) e seu marido Paul (Stanley Tucci), que estavam morando em Paris, conversam sobre coisas que ela poderia fazer para não ficar parada no apartamento (ela tentou curso para fazer chapéus, por exemplo e enjoou). E o marido pergunta:
- O que você gosta de fazer?
Ela olha para o prato, segurando os talheres e exclama:
- Comer, oras!

Ou algo assim.

Exclamei sozinha:
- AAAAAaaahahahaha!! Eeeeeuuuuuuuu!!

Feio, né? Hahahahaha!

E assim, Julia Child foi cursar o Cordon Bleu. Apesar da ideia ser interessante (um projeto pessoal de blog que virou filme), o filme em si não me disse a que veio, SALVO saber a história de Julia Child e seu marido, ótimamente interpretados pelos já mencionados atores. De alguma forma me lembrou O Diabo Veste Prada. Isso teve muito a ver com os atores e levemente com o enredo, eu consegui fazer um paralelo forçado. Sim, eu forcei. A partir disso, se não viram: 1) ou vocês vejam o filme ou 2) leiam a história dela, hehehe! Não vou dar spoillers.

Conclusão: quero ter aulas de culinária. Aliás, ops, vou parar por aqui, tenho um pão para moldar e colocar na fôrma para a segunda bateria de crescimento. se sentindo chef de meia pataca
Falar nisso, 1) se a receita pede fôrma untada e enfarinhada, use óleo vegetal e farinha fina de milho. Fica muito mais fácil de desenformar e limpar depois. Dica da Eli. 2) para receita de pão que precisa crescer duas, vezes, na segunda, use o velho truque da bolinha de massa em copo d'água. Também dica da Eli.

 *************************************

Ontem, eu vi uma rápida matéria sobre alguns temperos, no Dia a Dia já contei que sou fã do Daniel Bork e tenho evitado assistir ao programa? Vale conferir!


27 de out de 2013

Curtas e entrevista com exemplos de emagrecimento

♞ Estou para compartilhar uma receita de maionese funcional, mas a preguiça e a falta de tempo para copiar as duas receitas (a original e a minha) não ajudam.

♞ Na outra semana, fiz cookies integrais, que foram devorados por crianças e adultos. Preferiram-nos em lugar de rosquinhas convencionais, que também foram servidas junto. Pobres rosquinhas rejeitadas! Geralmente, não faço a receita na íntegra. Minha variação dessa última fornada foi assim: no lugar de ½ xíc de castanhas e ½ xíc de chocolate, usei ½ xíc de amendoins pré-torrados e triturados e quase ½ xíc de fibra de trigo e um pouco de linhaça triturada na hora. Moldei cookies de no máximo 4cm e rendeu cerca de 40 unidades. - Como não tenho cão, sempre caço como gato. No link  da receita tem mais dicas.

♞ Ufa, que o peso baixou mais um pouquito. E assim vamos. Todos os anos faço check-up e os exames que saíram esta semana estavam muito bons. A médica achou ótimo e a nutricionista reparou numa questãozinha, já fez um ajuste na minha alimentação. E vamos!

♞ Mais uma entrevista da nutri, 8 minutos, com caso de três pacientes que emagreceram com reeducação alimentar. Confira:


22 de out de 2013

Reportagem com minha nutricionista

E finalmente a matéria que foi ao ar no dia 20/10/13, pelo Domingo Espetacular (Record), onde minha nutricionista Helouse Carneiro Odebrecht, fez participação.




E a receita da entrevista:


Pão francês sem glúten (SEM TRIGO)
Helouse Carneiro Odebrecht - nutricionista funcional
 

"Ingredientes
  • 2 xíc de farinha de arroz ( para acrescentar fibras misturar a integral com branca)
  • 1 xíc de farinha de tapioca ou polvilho doce
  • 1 c.s. goma xantana
  • 1 c.chá de sal não refinado
  • 2 c.s. de fermento biológico seco
  • 1 ½ xícaras de água morna (40o C) – quanto baste
  • 1 c.s. de azeite de oliva
  • 3 claras
  • 1 c.chá de vinagre de maçã
  • 1 c.s. de mix fibras (semente de chia e linhaça)
  • Gergelim para polvilhar

Modo de preparo
Em um recipiente, coloque ½ xícara de água morna o fermento para fazer uma levedura. Deixe descansar por 20 minutos até crescer. Em outro recipiente, misture os ingredientes secos, acrescente o azeite, vinagre, claras e a levedura e misture com auxílio de uma colher ou com as mãos.

Leve à batedeira com garfos para bater o pão ou à máquina de fazer pão. Acrescente a água aos poucos até dar o ponto de uma massa firme e que não grude nas mãos. Pode ser que não seja necessário utilizar tudo.

Bata de 3 a 5 minutos.
Unte uma forma com óleo e com as mãos molhadas com água, modele os pães e coloque-os na forma, deixando-os descansar por 20 minutos, cobertos. Leve ao forno pré-aquecido a 180oC e deixe assar por 35 minutos. Após esse tempo, cubra com papel alumínio e deixe assar por mais 20 minutos.


PS: Atentem para o uso de alumínio, ele não deve entrar em contato com o alimento para evitar contaminação. Utilizem então uma forma alta para não encostar. Pode colocar um papel manteiga entre o alumínio e o pão, mas fica um pouco mais difícil." 


AVISO: ó, pessoal, dúvidas sobre essa receita, não é comigo. É direto com a nutricionista, NESTE LINK via Facebook. Já tem algumas perguntas lá, vai que é justamente a que você iria fazer? Também já apareceram algumas respostas e ideias.

15 de out de 2013

Um pequeno "causo"


Dia das Crianças. Crianças prestes a fazer um lanche, pausa para foto. Elas estão sorrindo porque não sabem que o patê de presunto sim, tive que fazer de presunto do mini-sanduíche (no pote verde), é feito com biomassa de banana, brócolis, tomate e farelo de trigo. E comeram, felizes, à exceção de um menino, que viu um pedaço minuuuuuuuuuuúsculo de tomate em seu sanduíche e não quis mais, entregando para a mãe comer o resto. Olhei BEM feio para a mãe dele anote aí, Bel Manjericão pode ser muito má e ela explicou que, se ele enxergar tomate, para de comer: "É igualzinho ao pai: arroz, feijão, carne e batata". Ui. Eu me perguntei como ele devorou o cachorro quente que fiz na outra vez, mas o tomate que deixei em pedaços estava cozido e desaparecia. "Tá serto". Meu marido, que tem bom coração, havia comprado um pacote de rosquinha de chocolate para emergências, e abriu para ajudar. Criançada voou em cima. Claro, né? Se fosse eu, não abriria. Anotou aí, que posso ser muito má? No fim, teve quem quis levar sanduíche para casa. E as mães que estavam junto ficaram maravilhadas que os filhos estavam comendo algo nutritivo.

SE INTERESSAR:
Sobre o patê de presunto, só seguir esta receita, trocando a sardinha por 500g de presunto magro. SIM, eu sei, presunto. Pre-sun-to. Mas o meu eleitorado não está pronto para um patê completamente saudável. Bata metade do presunto no liquidificador e a outra metade pique e misture depois à massa. A quantidade dá para rechear bem dois sacos de pão de fôrma de 500g. Se achar um pouco seco, como um certo alguém achou ó, minha cara de má, acrescente um pouco de leite.

FIM


Epílogo: não prometo, mas vou tentar parar de escrever sobre essa biomassa, nas próximas postagens, antes que vocês enjoem ou antes que eu monte uma seita sobre a mesma. Por falar em tomates, hoje descobri que meus pés de tomate que mais parecem moita porque não tive a dignidade de fazer um anteparo para eles, estão começando a dar tomatinhos!!!!!!!!!!!!!


ATUALIZAÇÃO - Essa mãe que citei, é uma excelente pessoa, e também não foi acostumada quando criança e vem de uma família de poucos recursos e conhecimento. Hoje, perto dos 40 anos, é que ela está mudando e sabendo mais sobre alimentos, está tentando mudar os filhos. Ela é super esforçada, mas ainda tem dificuldades.

11 de out de 2013

Curtas

Atrasada, mas:

1) O molho nutritivo de tomate fez sucesso. Fiquei quieta, mas duas amigas desconfiaram, perguntaram e pediram a receita. Ficaram encantadas por ter banana no meio. Quanto às crianças, bem, a estas não compete saber receitas e ingredientes, apenas comeram e gostaram muito.
2) Salsicha não entra aqui em casa, foi só para essa social.
3) Acho que meu peso diminuiu um tico.
4) Biomassa de banana no feijão, na lentilha, além de ajudar a engrossar um pouco o caldo, é super nutritivo e de baixas calorias.
5) Minha nutri-magra-linda-maravilhosa link de Féicebúk vai ao ar no próximo Domingo Espetacular da Record. Olho vivo!

Amanhã, tenho que preparar um lanche para o Dia das Crianças. 'Ma-gi-na se não vou colocar biomassa no meio?

5 de out de 2013

Molho Caseiro E Nutritivo de Tomate - em segredo

Olá para você, que está enjoada de receita neste blog. Aqui vai mais uma.

E essa postagem, é para você, amighe, que está na onda de fazer o máximo de coisa saudável, mas tem um eleitorado que até elogia suas iniciativas mas não está convencido de fazer uma social com lanche saudável. E escolhe cachorro-quente e você é voto vencido. Pero não contam com sua astúcia. ENTÃO EU ME OFERECI para fazer. Salsicha é salsicha, não adianta nem versão light: é porcaria dispensável a qualquer boa alimentação e nem vou me ater ao assunto, basta pesquisar na internet. Mas o molho que já está pronto e coloco foto depois - preguiça é nutritivo. Vou olhar todo mundo comendo e não darei um pio, desta vez, para dizer como é feito. Só se perguntarem. Criançada vai se acabar no alimento funcional e nem sabe. Segue:


Molho Caseiro E Nutritivo de Tomate
 Porção para um pequeno batalhão

Ingredientes
  • 10 tomates  médios bem maduros, vermelhos - picados
  • 2 cebolas médias - picadas
  • 2 dentões de alho - picados
  • 1 copo de biomassa de banana
  • 3 c.s. de aveia em flocos finos ou fibra de trigo
  • 2 c.s. de colorau
  • a gosto: sal, manjericão usei 3 folhas, orégano
  • um susto de canela
  • um fio de mel
  • um fiozão de azeite

Modus Operandi
Reserve dois tomates picados e leve o restante para cozinhar, junto com alho e cebola e esqueça, vá fazer outras coisas. Quando estiver bem cozido, desligue e aguarde amornar para só então levar ao liquidificador (não leve coisas quentes para o copo de liquidificador). Bata com a biomassa, a aveia, o colorau, sal, manjericão, orégano, até ficar homogêneo. Leve novamente ao fogo, acrescente os tomates reservados, antes que eles se sintam rejeitados e esqueça a vida por 20-30 minutos, mais ou menos. Desligue, e acrescente o mel e o azeite. O susto de canela, é assim: você chega perto do molho e derrama um pouco, um respiro, "sem querer", como se fosse um susto "Ah, não é isso, me enganei, ainda vem que foi bem pouco". porque a canela é altamente aromática e pode sobressair. E não queremos isso nesse molho. Misture bem, prove e acerte sal, se necessário. Está pronto.

Vejam bem: só virou cachorro-quente porque não tinha jeito. Mas, vou escrever algo óbvio, esse molho, muito saboroso por sinal, pode ser usado para várias coisas.


Um possível SAC: 
Bel, posso fazer sem a biomassa? Claro, mas se conseguir utilizá-la, melhor, pois além de ser altamente nutritiva é de baixíssimas, baixíssimas calorias.
Bel, biomassa tem gosto? Nenhum, se você fizer como manda o figurino. É pior que chuhcu: pega o gosto de onde estiver.
Bel, posso colocar pimenta do reino ou outro tempero? Claro, eu não coloquei outras coisas porque no meu eleitorado há quem tenha problemas com pimenta. Eu utilizei os que acredito que casam bem para um cachorro quente.
Bel, posso congelar? Pode, mas não coloque sal, alho, nem os temperos para não saborizar demais. Deve durar uns três meses no congelador.

Se tiverem mais perguntas, e eu souber responder, acrescento à postagem.