30 de jul de 2012

A pessoa está esportiva, hoje

Quem está acompanhando as Olimpíadas? Eu estou, na medida que consigo. E nem sabia que gostava tanto assim de esporte. Acho que devo isso ao meu marido, que gosta bastante mas graças a Deus não é fanático de largar tudo por causa de jogo, ufa!, e ao meu momento de reeducação.

Vibrei com as primeiras medalhas, fiquei emocionada com a Sarah Menezes, inclusive com sua história. Neste momento que escrevo, o Brasil conseguiu dar um ar de esperança no jogo de volei feminino contra os EUA, mas não sei se vai conseguir. São dois sete delas, contra um nosso. Vamos ver.

Voltando ao nosso foco, esse negócio de emagrecer me levou a pensar mais em esporte. Já gostava de atletismo, ampliei o leque e passei a admirar os de equipe ou com bola, que não me chamavam tanta atenção antes. E está sendo muito bom mudar a visão, pois dá vontade de colocar o tênis e sair malhando. E é o que tenho feito. Besteira minha não ter praticado atividade física com regularidade antes. Ainda não cheguei ao peso ideal para o meu tipo físico, mas estou me sentindo muito bem. Não lembrava mais como era a sensação de correr. Não lembrava como é bom ter fôlego. Coisa ótima ver alguns músculos definidos, mais firmes. Na última vez que estive com minha sobrinha de quatro anos, fui vê-la de surpresa num evento da escolinha. Brinquei com ela e três de suas amiguinhas. Coloquei a criançada para correr, quando o pátio esvaziou para ver quanto tempo eu conseguia manter o pique. Corri, pulei, dancei, paguei de lobo mau perseguindo comida não basta ser tia tem que pagar micão por quase 20 minutos. Uma das professoras chegou para minha irmã e disse que a escolinha precisava contratar uma pessoa com o meu pique para atividade com crianças. Hahaha! Amei! Se eu morasse na mesma cidade, participava mais dos eventos pela minha sobrinha.

De uns tempos para cá, tenho me mexido bastante, curtindo cada movimento do corpo. Como é bom o movimento! Peço a Deus que não, mas vai que acontece de algo falhar...um braço, uma perna, sei lá. Repetindo, peço a Deus que não, e, se acontecer, vou sentir muita saudade de quando mexia. É como quando estamos com dor de cabeça ou gripadas: a gente fica pensando em quando estava bem. E quando estamos bem não tomamos consciência disso e não curtimos a saúde. Nesse aspecto, procurei mudar há algum tempo, tanto é que curto muito cada respirada, cada sol no rosto, cada esticar de braços ou pernas. Vou aproveitar é agora. O tempo é hoje. O amanhã, a gente nunca sabe.

Enfim...hoje malhei, acompanhando algumas provas na TV, depois fui caminhar para finalizar, estou me sentindo ótima. E aí? Já se mexeu hoje? Já respirou fundo só pelo prazer de respirar? Estique os braços um pouquinho, não pense, sinta. Apenas sinta.

Ai, caramba, o Brasil perdeu para os EUA no volei feminino...! :P

25 de jul de 2012

A velha aveia

Falei pouco sobre aveia neste espaço, apesar de usá-la direto. Quando comecei a reeducação alimentar, primeiro cereal que comprei foi aveia em flocos finos. Ia 1 c.s. com fruta pela manhã banana amassada, mamão, que acrescento mel e canela...fica tão bom! e com o passar do tempo, fui usando das mais variadas maneiras. E claro, ajuda a emagrecer, se é que interessa.

Ela tem muita fibra oi, intestino?, minerais e antioxidantes. Ajuda a diminuir colesterol, pressão arterial e açúcar na corrente sanguínea alguém mais gostou desta última propriedade?. Mas atenção, não saia por aí ingerindo aveia de canecão, pois tudo o que é demais faz mal, além dela ser razoavelmente calórica. A quantidade ideal varia de pessoa para pessoa, levando-se em consideração organismo, saúde etc, por isso, sempre é bom procurar um(a) nutricionista.

Para maiores e melhores informações que as minhas, leia:
Albatra - Aveia - neste site, calorias e nutrientes

O que tenho para compartilhar é simples. E se você vai comentar algo do tipo "não gosto de aveia", sem ter tentado gostar, já fechou a porta para aproveitar um alimento mais ou menos em conta, fácil de encontrar, muito nutritivo e super curinga, que vai além do simples mingau. Óbvio, se você detesta aveia, como eu detesto camarão e já tentei de tudo para gostar, aí, tudo bem, é outra história.

Aveia em flocos finos - é a versão que eu mais gosto de comprar.

  • Em bolos, substituo cerca de 1/3 da farinha branca por ela. Pode ser mais, pode ser menos, depende da sua coragem de tentar e ver se vai dar certo ou não. Se eu pudesse, eliminava a farinha branca, mas nem todas as receitas aceitam isso.
  •  Como sou ruim de fazer pão e tive poucos sucessos, só aconselho se a receita realmente pedir aveia.
  • Dá para colocar em frutas, salada de frutas, iogurtes, molhos, sopas. Sopinha leve, povilhe, mexa, espere um pouco para encorpar. Quando é sopa grossa, bato junto no liquidificador. Geralmente 1 c.s. não mais que isso, depende, pois a intenção não é um prato de aveia, mas sim com aveia.
  • Deixe o pão branco mais nutritivo: polvilhe um pouco de aveia sobre a margarina, requeijão, doce, seja lá qual pasta você usa para isso.
  • Fez algum doce tipo flan ou pudim? Experimente incorporar um pouco de aveia na receita. Só aviso que a textura não ficará lisa, mas será mais nutritivo e funcional.

Aveia grossa - se só achar essa para comprar, pode-se batê-la no liquidificador até ficar fina.
Aveia grossa é jóia para salada de fruta, enfeitar bolo e pão e também pode ir em receitas de alguns biscoitos. Vai em sopa também, depende do seu gosto. Deixe um pouco de molho na própria sopa, antes de consumir.

E por aí vai, depende da imaginação e criatividade. Sabor? Não, ela não tem sabor forte ou que apareça no meio da receita. É bem suave. Até acho que uma das minhas receitas de bolo fica mais saborosa e fofa com ela.

Mais quatro coisas:
  1. Se você quer usar somente no café da manhã e com frutas  procure por "farelo de aveia", que é mais funcional e um pouquinho menos calórico.
  2. Há varias marcas que comercializam aveia e as desta marca costumam ser mais caras. Faça uma pesquisa e encontrará mais em conta.
  3. E ontem, achei uma pérola de receitinha, bem simples e boa para substituir, por exemplo, um arroz doce: Aveia Doce - obs: use aveia grossa para isso.  Já fiz a minha e está na geladeira para a hora do lanche.
  4. Tem receita com aveia, já publicada, na aba "Receitas no Blog", logo aí acima.

Inté.

23 de jul de 2012

:P

Ok!
Baguncei nos últimos cinco dias, já conferi a barbeiragem na fita métrica.
Hoje fui bem, mas estou com fome apesar de ter seguido o que tenho que fazer fomeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee. :P

Cuidar da alimentação, já cuidei. Atividade física, vai bem. Acho que a prioridade agora é mandar a cabeça de gordinha para o espaço sideral e tentar ter uma cabeça de magra, caso contrário, não vai dar! Pois tenho feito a coisa certa por algum tempo e depois perco o resultado em poucos dias por gulodice. Quero ser magra e chata, muito chata se for preciso.

Mentira, eu quero ser magra e legalzona.

20 de jul de 2012

Cuidado! e Reportagens interessantes

E quando você for comer escondido...
...cuidado! A Nina está vendo!





Descontraia para o final de semana o humor, mas não a RA, kkkkkkk!
Deixo agora algumas reportagens interessantes que vi por aí, e a colegha escolhe à vontade:


Dona de casa perdeu 76 quilos sem remédio nem cirurgia
Por Bárbara Nascimento | Yahoo! Brasil – seg, 16 de jul de 201


Vi na página Sol Repaginando Facebook
De obesa à Miss Biquíni: ela perdeu 30 kg e mudou de vida
Por Thaís Pontes | Yahoo! Brasil – sáb, 31 de mar de 2012


Galeria de fotos com dicas.
Dez mandamentos da atividade física 
Yahoo! Mulher ter, 10 de jul de 2012

Estudo mostra que ausência de atividade física é responsável por uma em cada 10 mortes por doenças cardíacas, diabetes e câncer. - BBC | 18/07/2012
 

E uma bobagenzinha curiosa:
Qual a atividade física ideal para você? 
Descubra seu perfil e conheça as modalidades que mais combinam com ele. - Bruno Folli, iG São Paulo

18 de jul de 2012

Coisas que estão me ajudando IX

Um costume que tem me ajudado é ler rótulos. As questões a seguir são escolhas pessoais, nada contra se alguém utiliza ou gosta dos produtos que eu deixei ou procuro deixar de usar. O que não quer dizer que sou 100% só comida saudável. Avisadas as coleghas, seguem os exemplos:

  • Biscoitos e bolachas - mesmo integrais ou lights, levam gordura hidrogenada na composição, fato que me fez diminuir a compra e rebaixá-los à categoria "poucas vezes em minha casa apesar de gostar bastante e ser perdição se estiver no armário". Também parei de consumí-los com margarina, outra que leva gordura hidrogenada, pois é praticamente comer margarina duas vezes. ATUALIZAÇÃO: biscoitos recheados não entram na minha lista há mais tempo ainda.
 
  • Pipoca de microondas - qualquer versão, foi para a categoria "só se for uma emergência". E lá está a gordura hidrogenada inscrita entre os ingredientes. Melhor é a de panela, feita com óleo vegetal. MUITO mais saudável e até recomendável como um bom lanche. COM MODERAÇÃO, claro.

  • Mortadela - leva pele de frango em sua composição. Fiquei sabendo, graças às dicas na página de Facebook da nutricionista. Vez ou outra, marido traz mortadela e, vez ou outra, ia no meu sanduíche. Vinha da padaria, pesada na hora, e nem lembrava de ler embalagem em supermercado. MAS com a informação, comprovei: "Ingredientes: (...) peles de aves". Há algum tempo peguei nojo de pele de frango, consequentemente agora, de mortadela também. A última vez que marido trouxe, usei meu olhar 35, aquele assim, meio de lado, já saindo, indo embora, louco de desprezo. Rebaixado à categoria: "desprezo eterno".

Segue trecho da postagem da nutricionista Helouse Carneiro Odebrecht: "(...) em uma das aulas de supermercado que estava ministrando, fomos ler o rótulo da mortadela e do nuggets de frango...além de todas as coisas horrorosas que possuem como corantes e conservantes artificiais (que aumentam risco de câncer), sódio bombando (risco para hipertensão, doença cardíaca, renal e retenção de líquido) e gordura de péssima qualidade, pasmem, um dos componentes que forma essa massaroca que é o nuggets e a mortadela é PELE DE GALINHA...."


UUUuuuuUUUUUuuuuuiiiiiiii! E ainda bem que não compro nuggets há anos! 



Bão, é isso. Se ajudar alguém, fico contente.
Obs. Para acessar os endereços desta postagem,
é necessário conectar-se ao Facebook.

17 de jul de 2012

Síndrome do Rei Julien

Semana retrasada,  reportagem trouxe que a média da cintura feminina da geração atual é 15 cm maior que há 40 anos. O motivo, já sabemos: facilidades no dia a dia, que diminuíram o esforço das atividades domésticas eterna gratidão a quem inventou a máquina de lavar roupa!, trabalhar fora, sedentarismo e péssimos hábitos alimentares. Claro, imagino que se usava cinta por baixo e roupa bem apertada para ajudar, há 40 anos atrás. Quero um corselet!

Sempre fico indignada com essas informações porque, se de um lado ganhamos, de outro perdemos, pois não se procura equilíbrio entre as partes. Hoje temos uma fila imensa de pessoas tentando emagrecer. Eu? Oi? A situação é tão alarmante que, já há alguns anos, a OMS* considera a obesidade uma epidemia mundial do séc XXI.

Então, resolvi retomar o que tinha me proposto antes e que deixei em parte de lado: readquirir a Síndrome do Rei Julien. Para quem não lembra ou não sabe, Julien é o rei do lêmures no longa-metragem de animação Madagascar. Em determinada parte, ele dança cantando o refrão "Eu me remexo muito", que me inspirou a fazer o mesmo em casa. Mandei para as cucuias a lei do menor esforço. Seguem algumas coisas que faço:
  • faço todos os movimentos cotidianos completos sem preguiça;
  • se algo cai no chão, eu me abaixo corretamente para pegar as fisioterapeutas pira de tanto gosto;
  • coloquei mais rapidez e energia na realização de tarefas domésticas, mesmo as mais simples era muito pachorrenta em alguns momentos;
  • encolho barriga e fico brincando de fazer abdominal, contraindo, segurando e relaxando em qualquer situação exercício invisível;
  • depois do almoço, varro rapidamente a casa com mais energia ou dou uma rápida caminhada, uns 20min, para não voltar direto ao trabalho frente ao computador;
  • se estiver parada, por exemplo, vendo TV ou esperando algo, faço agachamentos no começo, fazia 8 seguidos com dificuldade, agora faço perto de 30, sem forçar o meu limite;
  • em alguns momentos não uso controle remoto;
  • uso escada em lugar de elevador, mas é muito raro, pois por aqui é quase tudo térreo;
  • vou a pé em quase todos os lugares;
  • investi mais em cuidar do quintal e das plantas;
  • dou uma dançadinha se estiver muito animada...
Enfim, dá para inventar e o resultado dessas duas semanas me remexendo, é uma cintura um poquiiiiiiinho mais fina, quase chegando à minha menor marca desde que comecei o processo de emagrecimento: 72 cm! E que eu me comporte com a alimentação ops, ontem escorreguei!! Longe de mim desculpas: não quero/não gosto/não posso/não tenho tempo para me remexer.

E para os lêmures de plantão, com vocês, o Rei Julien:



Levantem as mãos e cantem em coro:
"EU ME REMEXO MUITO! MUITO!"


* Organização Mundial da Saúde

11 de jul de 2012

UM ANO

Hoje, faz um ano que comecei a emagrecer com seridade. Que deu o tilt, a vergonha na cara, o 'se liga', ou epifania pessoal, como diz uma amiga. No meu caso. Porque há casos e casos, e muitos não são por falta de vergonha na cara. O meu, sim.

Antes disso, ensaiei emagrecer algumas vezes. Nem sei se a história interessa, vou deixar registrada a versão resumida. Se não interessar, pode pular para o próximo assunto, hehehehe:

Antes de 2003 - Estava com corpo ótimo de 1991 a 2003, E NÃO TINHA CONSCIÊNCIA DISSO. Manda dar uns tapas na pessoa.
De 2003 até 2008 - Fui engordando, no começo sem perceber, depois sem me preocupar. Do número 40 para o quase 48. Teve uma questão de depressão, diagnosticada no final de 2006. Mas isso já se foi.
Semestre 1/2008 - Sem perceber, estava assumida, procurando dicas para gordinha na internet. De roupa e acessório em diante. Piada era comigo. Mas mesmo assim, cuidando da aparência, era elogiada pela maquiagem, roupa que usava, etc, e eu me conformei com esse ganho.
Semestre 2/2008 - Deu um mini-tilt e vi que lá no fundo não me sentia bem. Houve uma tentativa frustrada de emagrecer. O que perdi, voltou.
2009 - Uma tentativa no início do ano e outra no fim do ano, por conta própria. O peso foi e voltou nas duas vezes. E para mais.
2010 - Outra tentativa. Mas já estava fazendo trocas alimentares e trabalhando a cabeça para isso. O peso foi e voltou menos.
Jul/2011 - Depois de muito pensar na situação, passar por umas poucas e boas já comentadas por aqui, preparar a cabeça, finalmente deu a epifania e pedi ajuda à nutricionista, MINHA IRMÃ. Ela foi ótima e formulou um planejamento alimentar para mim. Dias depois de marcar o peso inicial, criei o blog, o resto está escrito. Para constar, dei uma desanimada em abri/maio - não com o emagrecimento, mas afetou - e fiz umas besteiras alimentares, mas nunca como antes de começar seriamente a emagrecer. Esta útlima semana é que dei uma revigorada com o novo plano alimentar que ela me passou. MAS foi imprescindível eu me mexer e tomar iniciativa, óbvio. E cá estou enchendo a paciência de vocês.



**********************Próximo Assunto *********************

Balanço de UM ANO

Peso:
11/jul/11    74,95 kg - Inicial
15/mai/12  61,5 kg - Melhor peso
11/jul/12    62 kg - Atual
Total          12,95 kg TCHAU!

Medidas eliminadas:
Cintura: 13cm
Abdomem: 11cm
Quadril: 12cm
Perna: 8cm
Panturrilha: 3cm
Bíceps: 5cm
Tórax: 9cm

IMC 24,84 - peso normal para sobrepeso é 25, estou no limite e tenho que ficar longe rapidinho



Se a colegha leu tudo até aqui, o meu muito
obrigada pela paciência e pela preferência.


10 de jul de 2012

Sanfonando peso - Receitas da Nutricionista

As últimas três semanas foram à moda sanfona. Sobe, desce, a média ficou em 63 kg, subindo mais e descendo menos. Hoje, finalmente, voltei aos 62...com o último plano alimentar que a nutricionista mandou no começo de junho e só comecei agora...OK, ainda estou beliscando o que não se deve, e puxando um pouco mais na atividade física, porque a de antes só estava me mantendo: Tae Bo com Billy Blanks, está cheio de vídeo por aí. Senti que a barriga endureceu um pouquiiiiiinho. E continuo com caminhadas ou corridinhas pós-vídeo, quando não está chovendo cântaros nesta terra.

E o plano alimentar da nutricionista? São refeições minguadas? Qual nada! As porções diminuíram pouco, houve trocas para ficar mais funcional uêba!. Só não posso repassar, porque é personalizado etc etc. Até me espantei que ela aumentou um lanche da tarde: suco desintoxicante!


***********************************


Sobre o suco, há vários pela internet, alguns bem conhecidos. Mas vamos ao do plano, não tem mistério:


SUCO
DESINTOXICANTE

Benefícios: é saudável, nutritivo, funcional, pouco calórico, fonte de ferro, fibras e ácido fólico.
  • 1 a 2 frutas (ou verdura) - abacaxi, maçã, mamão, cenoura, maracujá, água de côco, laranja, limão
  • 1 folha de couve (ou 1 cubo de couve)
  • pode levar linhaça, hortelã
  • água eu coloco o suficiente para um copo

Bater no liquidificador, coar a tomar. Se vai adoçante ou não, não sei, porque não uso.



***********************************


E o raio do cubo de couve? Outra coisa fácil e prática, se você não quer ficar se entrevendo com a folha de couve toda hora:


CUBOS DE COUVE
  • 3 a 4 folhas de couve com talo, picadas
  • pode levar hortelã ou folhas de brócolis
  • água para cobrir no liquidificador
Bater por uns 3min e coar em forminhas de gelo. Congelar. 
Aí, vai usando com o suco desintoxicante ou suco que você toma normalmente: limão, laranja, maracujá.


***********************************


"As folhas verdes escuras são
excelente fonte de magnésio, cálcio,
ácido fólico e têm poder
desintoxicante no fígado."



Gostaram? Espero que sim.