20 de jun de 2012

AF e ilustração educativa

Acredito que reengrenei de novo. Três bons dias de alimentação e atividade física. Recomecei a correr pequenos trechos, sem forçar.

Hoje, foi assim: uns 8min de alongamento, 25min de braços com vídeo da Solange Frazão, 25min de aeróbica média com vídeo da Leslie Sansone este link não é o vídeo em si, é onde encontra para vender e 25min na rua, percorrendo 3,3km no total, dos quais, 960m foram correndo - trajeto calculado pelo Google Mapas.

*****************************************************

Uma ilustração muito interessante. Posso escrever sobre duas informações:
  • Enxaqueca. Eu sofria um pouco, há quem sofra muito. Uma ou duas vezes por mês, bem forte. Daquelas de dar náuseas e vômito, me entocava no quarto fechado, pois luz e ruídos eram tortura. Perdia mais da metade do dia. O remédio levava umas seis horas para fazer efeito, às vezes tinha que tomar mais de um, por haver vomitado o anterior. Com a mudança de hábitos, diminuiu MUITO, a ponto de ficar até três meses sem ter crise. E o remédio faz efeito em duas ou três horas, agora. Há vezes que ameaça a dor e vupt, logo vai-se.
  • Doenças degenerativa da articulação. Sentia pequena dor em um dos joelhos, quando cheguei à Obesidade I. Também sentia forçar joelhos e pés por causa do excesso. Com o emagrecimento aliviou-se tudo e me sinto muito mais ágil. Infelizmente, por causa do peso até o ano passado, acho que provoquei algo no joelho, pois há vezes que sinto um resquício que não chega a ser dor, no mesmo joelho, e tenho receio que futuramente apareça um problema, só que mais tarde do que se estivesse ainda obesa. A gente colhe o que planta.

E com você? Chegou a sentir alguma coisa e depois viu diferença quando emagreceu?

7 comentários:

  1. Oi Bel!
    Eu sofria muito com enxaqueca mais tenho que admitir que nunca tinha relacionado com o peso, faz sentido desde que eliminei quase 10 kgs não tenho tido crises... Interessante!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Que maravilha, né, amiga !! A gente muda tanto, tanto ... É ótimo estarmos bem fisicamente e mentalmente, também ... Um beijo.

    ResponderExcluir
  3. Só temos a ganhar com o emagrecimento, né?? Eu notei que tenho muito mais disposição! E quando comparo meus exames de sangue de uns anos atrás com os de agora...bah, que diferença! eu estava com a glicose altíssima (tenho casos de diabetes na família) e hoje ela está super normal! Sem falar no colesterol ruim que diminuiu e as vitaminas que aumentaram :)

    siim, o pão era de pacotinho. Uma delícia, mas fica um pouco duro. Eu costumava fazer a receita de pão integral que tirei do blog da Larissa (Meu Emagrecimento). Qualquer hora faço de novo e posto no blog ;)

    beijok!!

    ResponderExcluir
  4. Bel a coluna agradeceu muito as mudanças,tive crises de me deixar de cama quase 15 dias.

    ResponderExcluir
  5. com certeza os meus sintomas de depressão diminuíram! tô precisando tb melhorar essas dor nas costas, affffiii! falta uns quilos pra isso...rs

    xerossss

    ResponderExcluir
  6. Beelzinha! Muito bom o post... Sobre as mudanças que ocorrem com a perca de peso, no meu caso, foram muitas mesmo! Nossa, até meu cheiro mudou! kkkk
    É totalmente diferente... respiração, sono... tudo mesmo!!

    Parabéns pelo treino super focado!

    beijão

    ResponderExcluir
  7. oi Bel, hsushus regenerada essa foi boa, então ta d muito parabéns,
    adoreii esse desenho explicativo.
    beijosss continue firme

    ResponderExcluir

Tempere com seu pitaco: