26 de nov de 2012

Da bicharada a Miranda

Desde sexta-feira na verdade quinta estou caprichando na alimentação, atividade física e na pose. Podia me filmar comendo que eu ia parar na coluna das boas maneiras. E ontem 'tava c'a macaca: caprichei na comida de coelho durante o dia. À noite, vesti-me como abelha-rainha e me maquiei como pavão enchi de rímel, Batman!. Caprichei na pose. 'Tava me sentindo a lady e com jeito afetado, faltando pouco para colocar a Miranda Priestly para fora estava me sentindo assim por dentro, bem entojada. Mas como até que sou legalzinha, meu marido e amigos deixam passar batido a pose imperial. E ninguém reclama. Faço a cara da simpatia.

Claro, se eu tirasse uma foto de como estava, alguém poderia olhar e dizer: "Não 'tá taaão assim". Sem problemas, a questão toda era na alma. Era como eu me sentia. Uma blusa listrada em diagonal que me deixava muito bolota há quilos atrás, ontem coroou minha aparência. Listrada de preto amarelo e branco, linhas finas, blusa fina, por isso a abelha-rainha. Quero nem saber, ontem eu realmente me achei. Hoje, já baixei a bola e procuro continuar no bom comportamento. Mas ainda quero fazer uso da pose afetada.

Ah, compartilhei duas receitas integrais nas postagens anteriores a esta. Espero que gostem:

9 comentários:

  1. kkk isso mesmo...tem que se achar...a autoestima é tudo nesse processo de emagrecimento...pode ver que gordo sempre tem a autoestima baixa...ele até tenta dizer que não, mas se começar analisar, vai ver que internamente ele não se sente tão poderoso...vamos que vamos...PARABÉNS por se sentir bela...o importante é o que nós sentimos ao nosso respeito..bjão

    ResponderExcluir
  2. Que maravilha amiga!
    Ta certinha temos que nos achar mesmo, se não quem vai? rs
    Beijos e linda semana pra ti!

    ResponderExcluir
  3. Adorei o post e o bom humor!!!Mas é tão bom quando agente tá se sentindo assim poderosa!!!tô doida pra ter essa sensação de novo!!!bjos

    ResponderExcluir
  4. Bel, mas não vejo nada de mais em nos sentirmos assim... poderosas! Nocivo é quando nos sentimos um nada, um zero a esquerda... mas nos sentir poderosa, especial, animada, entojada por estar fazendo as coisas melhor que os outros, é saudável e até motivante.

    Boa semana, lindona.

    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  5. Oi!!!
    Solte toda a bicharada e seja mais feliz do que você já é.Ri largado no onibus lendo seu post de hoje.
    bjs.

    ResponderExcluir
  6. Olá!!!
    Obrigada pelo seu apoio no meu blog, foi muito importante.
    Agora estou pensando em como vou montar um plano de exercícios que seja compatível com o meu tempo disponível. O que você faz de AF?
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ultimamente tenho praticado corrida. Depois da corrida, uso alguns vídeos de caminhada estacionária (Leslie Sansone), tae bo (Billy Blanks) e alguma coisa de exercício com peso para o braço. À direita, ali nos marcadores, veja o marcador "video".

      Excluir

Tempere com seu pitaco: