10 de ago de 2011

Coisas de ogra e a ação contra a mesma

Ontem, assisti 4 programas culinários seguidos, à noite. Fazia mais de mês que via nada (tá, abri excessão para o Edu Guedes e pro Daniel) e quando vejo, lá estou eu, amaaaando ver de novo. O diferencial: sem sentir fome, hehehe! Gosto de assistir, ver as receitas e fazer-adaptar-inventar (tirem as crianças da cozinha) e tenho me entretido bastante em fazer coisas saudáveis e procurar pelos sabores. Ficaria direto inventando se a minha profissão não fosse outra. Vi Top Chef Master, Kitchen Nightmares, Bill's Food. A parte ogra de tudo isso, ao final, foi Man VS Food. O apresentador, Adam Richman, é um barato e esse é o pior programa para ver. Ele viaja pelos EUA, Canadá, em busca dos "melhores" junk foods, aceitando desafios de comer lanches monstruosos...e eu na torcida, haha! E não ficava horrorizada quando ele comia sanduíches de 1,5 kg, ou de 58cm de altura, ou pizzas do tamanho de mesa de bar! Mas ontem, fiquei com medo. Esse cara vai morrer disso. Comeu quase 3kg de comida italiana, acho que uns oito pratos. Parou no último prato, porque realmente não dava...


Falar em ogro, outro dia li no ótimo blog Meu Emagrecimento a frase: "Don't feed the trolls..." (Não alimente os trolls) e fiquei matutando por uns dias. Há vezes em que nos comportamos bem, há outras em que atracamos na comida como se fosse a última fonte de prazer da face da Terra. E qual é o estopim para isso? São vários, tá, sejam eles físicos ou emocionais. Mas pensando em mim, lembrei de comidas que me fazer ficar com muita vontade de comer. Segue:

Pão branco - fico um tempão comendo pão integral bem tranquila...mas é colocar um pãozinho branco na boca, e a coisa desanda nos dias seguintes, fica uma vontade bem grande.
Refri - principalmente Coca-Cola ou Sprite...mesma coisa.
Batata-frita - quem é que come um punhadinho? Mas há meses não frito, ufa!
Salgadinho em festa de aniversário - é, já fiz muita ogrice...
Bolo de chocolate - o que eu faço, modéstia nenhuma, fica muito bom...uma tristeza para marido e eu, o bichinho vai sumindo durante o dia, parece até que evapora.
Queijo amarelo - comer uma fatia? Difícil.


AÇÃO: Se eu alimentar um pouquinho a ogra interna (que está cada vez mais mansa), ela vai escapar e se atracar! Pensando nisso, me mantive longe de tudo o que foi listado acima, sem sofrer, veja bem, a não ser o queijo (marido comprou um colonial saboroso e cheiroso - mas controlei, olha que bom). Nem começar a comer-beber, passo adiante, não compro, por aí vai. Nem um teco. Ou eu faço isso, ou perco o que consegui até agora.

Que comida faz você alimentar o troll?

5 comentários:

  1. Definitivamente é o pão massa grossa (carioquinha)! Afff... ele com presunto e queijo é minha perdição! E sorvete! Como, como, como e não fico cheia!!! Um horror!!!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Aaaaah, medeo sorvete! KKKKK Concordo, é uma perdição, mas eu consigo me controlar (um pouco) com ele, desde que não seja flocos, chocolate, creme, hahahahahaha! Ainda bem que compramos muito pouco!

    ResponderExcluir
  3. Eu tambem evito alimentos que sei que mnão vou conseguir parar...
    A minha mente é gorda então se der mole para ela já viu ne!

    ResponderExcluir
  4. Hahahaha, meu ogro interno é alucinado com DOCE! HAHAHA, qualquer DOCE, exceto brigadeirão e pudim de pão, que eu não ligo muito.

    Desses, o top é uma torta de maça com crocante de nozes pecan e amendoas que minha vó fazia, quando saía quentinho do forno o cheiro de maçã tomava a casa toda!!! Aquilo quentinho com um sorvete de creme e calda de caramelo: DEUS, ninguém segura meu ogro interno!

    Qualquer ser humano come pelo menos dois pedaços, é impossivel resistir!!!!

    ResponderExcluir
  5. Bibi, essa torta deve ser uma loucura!!

    ResponderExcluir

Tempere com seu pitaco: